segunda-feira, 19 de junho de 2017

Depois do atentado na Virgínia, estrategista da esquerda diz que republicanos devem ser caçados e o Twitter não toma ação

Luciano Ayan

Um dos motivos do crescimento de Milo Yiannopoulos foi o vergonhoso ato de censura praticado pelo Twitter contra ele. Basicamente, Milo foi banido do Twitter apenas por ter feito críticas à atriz esquerdista Leslie Jones. Ela fingiu que as críticas (nas quais foi chamada de feia e má atriz) se deviam a “racismo” e o Twitter, como sempre, fingiu que acreditou.

Pois agora Milo aproveita mais uma contradição narrativa da esquerda (e do Twitter) e denuncia o discurso de um estrategista do Partido Democrata de Nova Jersey, James Devine, que lançou a hashtag #HuntRepublicanCongressmen.

Para justificar a barbárie, Devine lançou mão de táticas de desengajamento moral, dizendo que a responsabilidade é das vítimas do crime que ele promove. Segundo Devine, a culpa pelo tiroteio é da direita, que, segundo ele, não “se engaja em um discurso civilizado”.

Veja alguns tweets da barbárie e algumas reações:




Esta é a figura:



Para o Twitter, tudo isso parece “ok”. 
Título, Imagens e Texto: Luciano Ayan, Ceticismo Político, 18-6-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-