terça-feira, 27 de novembro de 2018

[Discos pedidos] Nelson Ned e Nilton César

Em Brazzaville, no armazém onde trabalhava, escutava uma rádio angolana, e era lá que ouvia várias vezes “Tudo passa, tudo passará”, de Nelson Ned. Gostava muito.

Aliás, as rádios angolanas, naqueles anos sessentas e setentas, transmitiam música de todo o mundo: de Portugal e de Angola, naturalmente, do Brasil, da França, dos EUA, da Itália... Diferentemente do Brasil, onde só passava música brasileira e dos EUA.

Também gostava muito de ouvir “Espere um pouco, um pouquinho mais”, interpretado por Nilton Cesar.

Naquela época não imaginava que um dia veria, no televisor, estes dois artistas e outros – como Carmem Silva, outra voz que ‘conheci’ através da rádio angolana.

Cheguei ao Rio de Janeiro na última quarta-feira do mês de março de 1972. Imaginem a minha baita surpresa quando vi Nelson Ned, no programa Silvio Santos: não sabia que ele era anão!!


Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-