terça-feira, 27 de novembro de 2018

[A coluna do Almir] Redução já para o nosso Congresso

Almir Papalardo

O nosso querido Brasil com o firme propósito de se reerguer, após décadas de compromissos relegados a um segundo plano, onde a governabilidade vem se deteriorando velozmente por uma corrupção galopante, pretende agora, com a eleição de Jair Messias Bolsonaro, recuperar o tempo perdido, ressuscitando o combalido slogan 'ORDEM e PROGRESSO', da nossa bandeira nacional.


Dita-nos a prudência para quem tem 'olhos de ver' e 'ouvidos para escutar', que esforço algum nesse sentido para recuperar o Brasil será proveitoso, se antes não reduzirmos drasticamente o número de parlamentares que legislam no nosso confuso parlamento, onde prevalece a 'Quantidade' e não a 'Qualidade' dos políticos. Isto tem sido uma pedra no sapato de todos os cidadãos brasileiros, impedindo-os de pisar com firmeza e obter melhor qualidade de vida!

Que os anjos iluminem os homens com 'poder de decisão' para reduzirem o Poder Legislativo, convencidos da inutilidade que a quantidade de sugadores ávidos das tetas da mamãe Brasil, que definha continuamente, tanto a voluptuosidade nas sugadas mamárias dessa quantidade de inoperantes, capciosos e oportunistas.

Como a população que padece do mal da acefalia gostaria que no Senado Federal e na Câmara dos Deputados a quantidade atual de parlamentares fosse reduzida para apenas um terço deste atual total improdutivo e confucionista. Muito mais vale a "Qualidade" do que a "Quantidade"!

Seria uma verba fabulosa que a nação economizaria, propiciando à população brasileira mais reservas econômicas, mais vergonha na cara dos políticos, mais tranquilidade nas votações plenárias, maiores salários mínimos para os trabalhadores, e menos cabeças mirabolantes para arquitetar diabólicos planos sórdidos de avanço pirata nos recursos financeiros do Brasil...
Título e Texto: Almir Papalardo, 27-11-2018

Anteriores:

9 comentários:

  1. Caro Almir! Quando a Raposa cuida do “galinheiro” fica difícil. Não creio que Legislarão contra si próprios. Mas vamos em frente! Abs.

    ResponderExcluir
  2. Não julgo demais, nem exagerado, o número de deputados brasileiros.
    Se não, vejamos alguns números:

    Portugal tem 10 milhões e 310 mil habitantes, e 230 deputados. Não tem senado.

    A França, com 67 milhões e alguns milhares de habitantes, tem 577 (!) deputados e 348 (!) senadores.

    E o Brasil, com quase 210 milhões de habitantes e um território continental, 26 Estados e 1 Distrito Federal, tem 512 deputados e 81 senadores (3 por Estado e DF). Não acho demais.

    Agora, se os deputados ou senadores são ruins, a culpa não é deles, mas de quem os elegeu.

    Não esqueçamos que os brasileiros elegeram Lula da Silva e Dilma Rousseff como presidentes... elegeram em outubro a senadora comunista/petista Fátima Bezerra como governadora do Rio Grande do Norte!...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro administrador Jim: Ratifico o meu conceito de achar exagerado o número de parlamentares no Brasil, aceitando e elogiando as explanações abaixo do nosso amigo Vanderlei Rocha, inegavelmente, um profundo conhecedor de política. Continuando, tomemos como base os Estados Unidos, a maior potencia mundial: Nos Estados Unidos há 436 deputados e 100 senadores (o que também acho exagerado sem querer dar pitacos, mas já dando), para representar 50 (cinquenta) Estados. Já no Brasil, são 513 deputados e 81 senadores para representar 27 (vinte e sete) Estados, com uma população 208,5 milhões de habitantes, enquanto nos Estados Unidos a população é de 325,7 milhões, com uma diferença a considerar, de 117,2 milhões!
      Um forte abraço.
      Almir Papalardo.

      Excluir
  3. Os Estados Unidos tem 535 para 327 milhões.
    Acho que o número não tem a ver com habitantes em alguns países.
    A França é sui generis, tem 101 distritos e mais 5 ultramarinos.
    Assembleia possui 577 membros, eleitos para um mandato de cinco anos através de círculos eleitorais o Senado possui 348 membros, dos quais 328 exercem mandato de seis anos e são eleitos pelo colégio eleitoral e 12 são eleitos pelos cidadãos franceses residentes no exterior.
    Aliás é uma esculhambação geral;
    Portugal também usa critério demográfico para 22 distritos.
    Aqui com 513 não tem voto distrital, nem proporcional, nem demográfico.
    Só o DIABO sabe o critério.
    fui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito, grande Rochinha!
      Mas, nos diga, você entende que se deva reduzir o número de deputados, ou não, na Câmara de Deputados do Brasil?

      Excluir
    2. Um ULULANTE SIM com critérios demográficos e proporcionais.

      Excluir
  4. Parabenizo todo o judiciário pelo merecido aumento concedido pelo governo. Que todos os envolvidos com o poder judiciário do Brasil mantenham-se unidos! Infelizmente o que vimos nos últimos 13 anos foram assaltos aos cofres públicos e dinheiro da população sendo desviados para outros países e servindo de propina via lavagem de dinheiro para quadrilheiros de vagabundos, analfabetos, bandidos sem vergonhas, alguns até disfarçados de presidentes da república. Espero que o dinheiro daqui para a frente vá para quem realmente o merece. A exemplo, as pessoas esforçadas que estudaram, trabalharam e lutaram para colocar esta nação nos eixos exatamente como todos os envolvidos com a justiça o fizeram até agora. PARABÉNS A TODOS VOCÊS. CONTINUEM CADA VEZ MAIS FORTES E UNIDOS, PORQUE É ASSIM QUE SE FAZ! Na minha simples condição de cidadã brasileira manifesto neste momento o meu muito obrigada por nos salvar da bandidagem política nojenta e corrupta que assaltava este país. Que DEUS continue iluminando a todos do judiciário e a todos os cidadãos do BEM.

    ResponderExcluir
  5. Eu pesquiso antes de comentar.
    Tenho uma literatura grande sobre regimes políticos.
    Por vezes meus dados podem estar comprometidos pelo tempo, mas não se modificam os conteúdos.
    O senado americano em número de 100 tem 6 anos de mandato, com eleições de 33% a cada 2 anos. Não existe suplente, se um morrer o governador do estado correspondente indica outro.
    Cada distrito americano é de 710000 cidadãos que elegem um deputado.
    Por Exemplo o estado do ACRE teria apenas 1 deputado nos EUA e São Paulo 61.
    Hoje o ACRE tem 7 e São Paulo 70, 7 para 500.000 e 70 para 44.000.000.
    A Califórnia tem 53 deputados e 2 senadores com 40.000.000.
    Produto Interno Bruto (PIB) da Califórnia superou US$ 2,7 trilhões (R$ 10,05 trilhões) em 2017. Em comparação, o PIB do Brasil foi equivalente a US$ 1,8 trilhão e o do México, de US$ 1,04 trilhão.
    "A maior parte da contribuição do setor de manufatura vem de empresas relativamente pequenas, muito especializadas".
    No Brasil as pequenas empresas são engolfadas pelos impostos.




    ResponderExcluir
  6. Eu concordo indubitavelmente que se deva reduzir o números de "morcegos" que "des-atuam" no senado e também concordo que nos brasileiros somos os principais culpados dessa situação, afinal, muitos ainda falta instrução para maioria na hora de votarem. Vamos alcançar algum objetivo quando conseguirmos elencar valor ao nosso voto na hora da eleição.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-