segunda-feira, 16 de setembro de 2019

[Viagens & Destinos] Sintra/Porto por 5,29€!

Viagens diárias, até noturnas, da zona de Lisboa ao norte. Em autocarros premium com wi-fi, ar condicionado e DVD.

Patricia Naves

A partir do dia 27 de setembro, há um novo serviço de autocarro expresso que liga Cascais a Porto em menos de quatro horas — e por 5,29€.


A transportadora Scotturb lança uma nova carreira do seu serviço RoyalExpress que une as vilas de Cascais e de Sintra ao norte, sem mais paragens, diariamente e por preços irresistíveis.

Em comunicado à NiT, a empresa sediada em Cascais lembra que transporta atualmente de 250 mil pessoas por mês, sobretudo neste concelho e em Sintra e Oeiras, lançando agora o novo serviço regular. 

Este inclui oito circulações diárias, incluindo noturnas, com partidas do centro de Cascais, Sintra e Porto aliadas a diversas ligações e conexões em cada cidade.

A viagem de lazer ou corporativa acontece em autocarros premium, com acesso a wi-fi, DVD, casa de banho e ar condicionado. A consulta de horários, informações e reservas pode ser feita online.

domingo, 15 de setembro de 2019

[Discos pedidos] Roberto Leal (* 27-11-1951 † 15-9-2019)



Ministro Sérgio Moro visita o presidente Bolsonaro

FC Porto: sustão em Portimão

O Futebol Clube do Porto tomou um sustão em Portimão.

Jogando contra o Portimonense chegou ao intervalo vencendo por duas bolas. A primeira, de grande penalidade, aos 25’, por Alex Telles;
A segunda, por Zé Luís, aos 45’.

Aí, no segundo tempo, em três minutos tomou duas. De Dener, aos 74’ e Koki Anzai, aos 78’.

Cacildis! O Porto vai perder 3 pontos!? Tchau campeonato!

Aí, no último minuto dos acréscimos (90 + 8’), em sequência de escanteio marcado por Jesús Corona, Iván Marcano [foto] salvou muita gente do infarto!

Foto: André Vidigal/Kapta +
O Famalicão segue na frente, com 13 pontos. O Benfica e o Porto, com 12 pontos, estão na segunda posição. 

Majid Oukacha: « L’islam est une religion violente, misogyne et liberticide »

Entretien avec un "ex-musulman"

Daoud Boughezala

A 33 ans, le blogueur Majid Oukacha se définit comme un ex-musulman. Né en France, il consacre une grande partie de son temps à la critique des textes sacrés islamiques sur Youtube. Entretien.

Majid Oukacha

Daoud Boughezala. Pourquoi vous définissez-vous comme un « ex-musulman » ? 
Majid Oukacha. « Ex-musulman » n’est qu’une facette parmi tant d’autres de ma personnalité. Je me définis avant tout, de façon constructive, par ce que je suis et ce que je fais, plus que par ce que j’ai cessé d’être ou ce que j’aspirerais à devenir. Je me sens davantage un humain, un Français, un écrivain, un blogueur et un militant qui défend à la mesure de ses moyens les libertés individuelles qui lui sont chères, qu’un « ex-croyant ». Cependant, la spécificité identitaire pour laquelle je suis le plus connu dans la sphère publique est indéniablement le rôle intellectuel et politique de ma parole d’ex-musulman qui critique les fondements scripturaires de l’islam.

J’ai été musulman durant les 18 premières années de ma vie de la même façon que l’écrasante majorité des musulmans adultes du monde le sont encore aujourd’hui : par endoctrinement, depuis l’enfance. Un endoctrinement, éducatif par certains aspects et sectaire par d’autres, qui lie les musulmans à un Dieu big-brotherien qui les observe en permanence, qui espionne même leurs pensées les plus intimes, et qui menace surtout quiconque se détournerait de l’islam d’un enfer éternel après une résurrection post-mortem. Est-on vraiment libre de choisir sa foi ou d’y demeurer dans de telles conditions, face à un tel chantage apocalyptique, permanent et irrévocable ? J’accepte tout à fait l’étiquette d’« ex-musulman » comme un raccourci capable de me définir dans l’agora politico-médiatique contemporaine. Ironiquement, cette expression souligne d’ailleurs, par le refus volontaire de la soumission à la parole coranique déifiée, ma capacité à choisir librement, loin du fatalisme, et à penser par moi-même.

Comment avez-vous abjuré votre foi ?
J’ai cessé de croire en l’islam après une période de doutes intensifs, qui se sont étalés sur plusieurs mois consécutifs à l’aube de l’âge adulte. C’est néanmoins en réalité toute une enfance de questionnements croissants et cumulatifs vis-à-vis des lois et des dogmes islamiques qui m’a accompagné dans ma démarche d’apostasie. La plupart des ex-musulmans se justifient du fait qu’ils ont quitté l’islam en se basant sur des constats manichéens et moralistes que je peux tout à fait partager. L’islam est une religion violente, misogyne et liberticide, et de nombreux versets de ce Coran incréé censé citer Allah lui-même de la première à la dernière phrase sont là pour en attester. Ce qui m’a le plus fait douter de la divinité du Coran est le fait que les préceptes et les lois juridiques formulés par son auteur sont des paroles incohérentes, imprécises et difficilement applicables. Cela est assez aberrant pour un Dieu qui se qualifie de nombreuses fois dans le Coran de Juste, d’Omniscient, d’Omnipotent et, excusez du peu, de Parfait !



Je vais vous donner un exemple de mon point de vue critique tout à fait particulier sur ce Coran dont le caractère sacré n’engage en réalité que ceux qui y croient (pour paraphraser l’adage sur les promesses en politique !). Au verset 38 de la sourate 5 du Coran, Allah demande aux musulmans de couper la main du voleur et de la voleuse, tandis qu’au second verset de la sourate 24 de ce même Coran, Allah exige que celles et ceux qui font l’amour en dehors du mariage reçoivent 100 coups de fouet. Plus que la barbarie de ces châtiments corporels, ce qui me saute d’abord aux yeux ici c’est la suffisance et l’imprécision qui encadrent ces sanctions pénales dans le Coran. Allah ne précise à aucun moment dans le Coran quelle main du voleur il faudrait couper, ni le montant minimum du larcin à partir duquel il faudrait couper la main du voleur, ni l’âge minimum à partir duquel on peut imputer à une personne le crime du vol. De fait, qu’est-ce qui pourrait empêcher un islamiste désirant appliquer le Coran de se sentir la légitimité de couper la main d’un orphelin de 12 ans qui a volé une pomme parce qu’il était affamé ? Et Allah ne précise pas non plus les matériaux autorisés ou interdits dans le fouet qui flagellera celles et ceux qui font l’amour en dehors du mariage, ni la distance minimale ou maximale entre le fouettard et la personne fouettée, ni les parties du corps à fouetter ou à ne pas fouetter chez cette dernière. Il serait donc tout à fait possible de vider de son sang le corps d’une personne coupable de fornication si on mettait ce fouet de la justice coranique entre les mains d’un champion olympique du lancer de javelot…

Por que os humanos estão acabando?


Palestra ministrada por Caio Perozo durante o evento "A Barbárie Humana", realizado no dia 27 de agosto de 2019, em Campina Grande-PB.


Instituto Borborema, 11-9-2019
Colaboração: Vanderlei dos Santos Rocha

[Aparecido rasga o verbo] Roberto. Vamos continuar “BATENDO O PÉ”. De onde você estiver, “ARREBITA”

Aparecido Raimundo de Souza

Senhoras e senhores, infelizmente, mais uma vez, em “edição extraordinária”, a nossa coluna “RASGA O VERBO” das terças e sextas-feiras volta a público, desta feita para comunicar o falecimento de ROBERTO LEAL [foto], aqui em São Paulo, no Hospital Samaritano.


O cantor luso-português, ROBERTO LEAL, ou (António Joaquim Fernandes), nos deixou aos 67 anos, vítima, segundo sua assessoria de imprensa, de um câncer de pele do qual vinha se tratando por mais de dois anos.

Roberto Leal nasceu aos 27 de novembro de 1951, na adeia de Vale da Porca (Macedo de Cavaleiros), norte de Portugal. O cantor, intérprete de uma dezena de sucessos, será lembrado pelas inesquecíveis obras, como  “Baté o pé”,  “Arrebita”,  “Caninha Verde”,  “Verde Gaio,  “Que bela a vida” entre outras mais, que o fizeram ser um dos melhores artistas desde a década de setenta, quando surgiu em nossas telinhas pela primeira vez.

Roberto Leal deixa a esposa Marcia Lúcia, de 58 anos (sua parceira em várias músicas gravadas pelo cantor), e três filhos, Manuela Fernandes, atriz, Vitor Diniz e o produtor musical Rodrigo Leal. Em anos de carreira, vendeu mais de 17 milhões de discos, conquistando dois álbuns de diamante, cinco de platina, e trinta de ouro.

Deixa uma discografia com mais de 400 músicas.

Nossos pêsames e nossa saudade eterna ao amigo Roberto Leal (que fazia questão de nos receber toda a vez que aparecíamos em seu restaurante o “Marquês de Marialva” na entrada de Alphaville, em Barueri), extensiva essa saudade e essa dor à família, admiradores e amigos. 

A VERDADE DOI, MACHUCA, MAS, ENFIM... PORTUGAL E BRASIL ESTÃO DE LUTO.
Título e Texto: Aparecido Raimundo de Souza, do aeroporto de Viracopos, em Campinas, São Paulo, 15-9-2019

Relacionado:

Colunas anteriores:

[Para que servem as borboletas?] O que será de nossa capitalização, velhinhos e velhinhas do Aerus?

Valdemar Habitzreuter

Bom, não sei a quantas anda o desenrolar das tentativas de reversão à suspensão de nossos salários do Aerus; por enquanto nenhuma autoridade de peso veio nos dar informações cabais e explícitas do que será e virá.

Setembro está a correr célere e as contas de outubro a pagar já estão chegando. Seria triste saber que a União se manterá inflexível pela manutenção da suspensão. Nesse caso, a AGU não é a vilã que supúnhamos ser, foi um mero instrumento intermediário da alta cúpula do governo para anunciar os cortes dos salários dos aposentados do Areus.

Paulo Guedes quer se notabilizar neste governo como ministro que salvou o país do caos econômico, mesmo que tenha que matar milhares de velhinhos que ao longo dos anos adotaram a capitalização como aposentadoria complementar e que era, justamente, o leitmotiv de Guedes para que esta modalidade fosse adotada e inserida na Reforma da Previdência. E agora o que vemos? Cassa nossos recursos capitalizados. Como confiar neste governo que passa por cima da Justiça, desrespeitando seus vereditos?

E não fica só nisso: Resta saber se esta supressão salarial teve o aval do Presidente. Pelo andar da carruagem temo que sim, já que confia, incondicionalmente, no posto Ipiranga. Se for o caso, nosso Presidente age de má fé, fugindo da responsabilidade ao não verificar o dano moral e físico que isso causará a tantos idosos, com esta medida malsã de um ministro seu…

Conservemos a esperança de que o Presidente honre sua postura cristã e olhe para os velhinhos que só querem o que lhes é de direito - a tutela - e conquistado através da Justiça…
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 15-9-2019

Colunas anteriores:

Amazônia em chamas!?

Marcus Kerr

Enquanto a verdade calça os sapatos, a mentira dá várias voltas ao mundo.
Mark Twain 

A Amazônia é rica em biodiversidade e em tipos de problemas.  Contudo, uma enorme algazarra mundial surgiu em torno das queimadas na Amazônia brasileira.  Por isso, a discussão aqui se limitará a estragos causados por fogo.


Sem medo de errar, o nome do problema atual não é:  "Queimadas na Amazônia Brasileira"!  O que realmente aflige a esquerdalha e todos os idiotas-úteis e hipócritas de plantão se chama: "Jair Bolsonaro"!  Aqui vai um desenho para quem duvida ou discorda: 

A área queimada na Bolívia no mês de Agosto/2019* é 50 (cinquenta) VEZES MAIOR que toda a vegetação queimada na Amazônia do Brasil em 8 meses, Jan-Ago/2019**!

 * > 1 milhão de hectares
** < 20,000 hectares

Realçar essa diferença poria em cheque a campanha contra Bolsonaro.  Poucos mencionam a Bolívia e nunca o que o fogo realmente consumiu lá versus cá. Quando falam em dimensão de áreas, limitam-se ao tamanho de regiões ou parques por inteiro onde estão os focos, e não o quanto foi queimado. Reportam apenas o número de focos comparados com o mês anterior ou 2018.  Fossem honestos, a comparação envolveria a série histórica das áreas queimadas

A quantidade e local dos focos são essenciais no combate, mas não servem para comparações!  Entre os 9 países da região, o Brasil (com mais de 70% da região) tem o maior número de focos neste ano, e a Bolívia, depois da Venezuela, o 3° maior.  No entanto, a área queimada na Bolívia foi 50 vezes maior.  E, por aí, vai...  São mestres na arte de escamotear a verdade!

Os protestos mundiais, os editoriais, os artigos piedosos em tons alarmistas, o quem-dá-mais pelo posto de maior defensor da Amazônia, a urgência alardeada para exigir discussões na mais alta cúpula, as ameaças de sanções, os boicotes, as ofensas, as manifestações revoltosas, os xingamentos, as pichações de embaixadas, os gritos de indignação e até de INCITAÇÃO À MORTE CRUEL!...  Nada disso se ouve, quando se trata de vizinhos onde os dramas são tão mais danosos.  O brutal silêncio seletivo é ensurdecedor!

Acusam Bolsonaro com veemência enquanto partem da presunção que não encontrariam motivos para acusar o cocaleiro comunista evo "i-moral"; aquele que fez manchetes mundo afora por zombar de Cristo e transformar sua cruz em foice e martelo como "presente pessoal" ao papa que o visitava, e este não teve coragem de rechaçar nem tampouco recusar aquela ofensa sem paralelo!!

No domingo, 25 de agosto, o mais comentado foi a fala do "destemido" papa à multidão de fiéis, quando entrou na disputa pelo prêmio de "Preocupado do Ano com a Amazônia Brasileira".  Ele ainda repetiu a velha lorota de "pulmão vital do planeta", desmascarada há décadas.  Contudo, sem fome nem sede de justiça, não se abalou com a devastação florestal 50 vezes maior que no Brasil!!!  Omitiu-se, de novo, para não melindrar o cocaleiro!  Por que tanta consideração a um ateu comunista e nenhuma àquele que proclama seguir a Cristo?  Será Jorge Bergoglio parceiro do mal ou apenas simpatizante?

"E la nave va ...

Aqui vai outro desenho, este sobre a destruição causada pelo fogo intenso de ideias fadadas ao fracasso, onde o silêncio aumenta dores lancinantes.  A vista grossa à maior tortura sendo imposta no hemisfério ocidental é uma atrocidade que está ceifando milhares de vidas em outro país Amazônico.  O retumbante silêncio seletivo quanto ao total fracasso de uma ideologia criminosa e assassina não pode passar em branco por quem ama a liberdade. 

Caixa registra 12 milhões de transações após liberação do FGTS

Heloisa Cristaldo

A Caixa Econômica Federal registrou 12 milhões de transações no primeiro sábado com agências bancárias abertas para o pagamento do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo o banco, foram creditados R$ 4,97 bilhões nas contas de mais de 12 milhões de trabalhadores.

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Por meio do Twitter, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, informou que o banco está preparado para atender os trabalhadores interessados em fazer a retirada dos valores disponíveis.

“A cada duas semanas, vamos liberar mais de R$ 5 bilhões. A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade nos mais de 55 mil pontos de atendimento em todas as regiões do Brasil”, disse.

De acordo com a Caixa, com os pagamentos do FGTS liberados na sexta-feira (13), o banco atingiu o maior número de transações da história no Internet Banking. Até ontem, foram mais de 33 milhões de movimentações, aumento de 97% comparado com o dia 14 de agosto.

Horário especial
A Caixa também vai trabalhar com horário estendido por duas horas nas próximas segunda (16) e terça-feira (17). Assim, as agências, que normalmente abrem às 11h, vão iniciar o atendimento às 9h. Já as que abrem às 10h iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do expediente normal.

Depósito automático
A Caixa começou a fazer o depósito automático para quem tem conta poupança, seguindo calendário do mês de nascimento. Os próximos a ter acesso ao saque são os nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 de setembro. Em seguida, no dia 9 de outubro, será a vez de os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Os clientes da Caixa que têm conta corrente podem fazer o pedido de crédito por meio dos canais de atendimento.

Democratas de programa

Foto: Joka Madruga/PT
Guilherme Fiuza

A prostituição está legalizada – para quem tem fantasia de herói da democracia. Você desfila na calçada gritando que a democracia está ameaçada e vende seu corpinho numa boa. É cada vez maior o contingente de pessoas com excelente formação optando por essa vida fácil – que deve ser maravilhosa, porque ninguém está nem ligando para o estigma da prostituição. Ao contrário, estigmatizados hoje são os que não se prostituem.

Deve ter alguma coisa errada com essa gente que não ganha a vida soltando versinhos apocalípticos sobre a democracia em perigo. Ganham a vida como, então? Só podem estar roubando.

Se você ainda não aderiu a esse vidão, não perca tempo. Basta consultar o cafetão mais próximo – e não fique pensando que vai ter de lidar com barra pesada. Estamos falando de cafetinagem fina, tudo gente educada, bem-pensante, tem até PhD. Esses simpáticos e afáveis cafetões modernos poderão te oferecer excelentes oportunidades de prostituição intelectual em institutos, ONGs, partidos, universidades, sites, jornais e até em empresas. Você só precisa ter boa aparência e cara de pau.

O tipo de cantada para atrair o cliente fica a seu critério, mas eles vão te dar boas dicas. Você pode dizer, por exemplo, que a democracia está queimando junto com a Amazônia – é uma das cantadas mais usadas atualmente, e funciona super bem. Se for um daqueles clientes chatos que pensam, e, portanto, sabem que as queimadas já foram idênticas em outros governos, não perca seu tempo: dê um boa noite, Cinderela no fascista, tome a grana dele e parta para o próximo.

Não quer se meter em assunto complexo, que te exija um pouco de leitura e compreensão? Nenhum problema! Liga o computador, entra em alguma rede social, acha qualquer frase idiota do sobrinho do primo do cachorro de algum general e grita na calçada: estão ameaçando a democracia! Grita e chora. Você não vai ter que cair no chão e espernear, porque já vai ter um otário comprando o teu programa – e cuidado: eles se apaixonam.

Outro programa de democracia em perigo – conteúdo adulto que tem tido uma saída maravilhosa é o do massacre fascista contra a educação. Mas se algum abusado chegar perto de você para dizer que é só contingenciamento de verbas, como todo governo faz, pega a sua bolsa ditadura e dá na cara dele – antes que o miliciano dos infernos te mande olhar em volta para constatar que a liberdade é plena no país e todas as pessoas e instituições estão com suas vozes e seus direitos intactos. Despacha logo o reaça porque ninguém merece esse tipo de truculência.

Para que você tenha sucesso como garota/garoto de programa do apocalipse fascista é importante anotar a lista das coisas que são DEMOCRÁTICAS, segundo os códigos dessa profissão fascinante:

Ser o que não é

Nelson Teixeira

Durante todo o percurso do caminho, vamos nos deparar com várias pessoas, e estas nos ensinarão muitas coisas e uma delas é o grande aprendizado da simplicidade e da leveza do caráter.

Mas haverá pessoas que mostrarão o lado escuro de suas Almas, deixando a lição do que não devemos ser, esquecendo de onde vieram e querendo ser o que não são.

Valorize sempre o ninho do qual saiu, tenha orgulho de ser quem é e jamais ignore de onde veio, orgulhe-se e siga trilhando um caminho onde independente do que aconteça você jamais irá negar-se a si mesmo.
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 15-9-2019

[As danações de Carina] Pequenos pedacinhos de mim mesma – Parte três

Carina Bratt

1 Minha história
Sou aquilo que sou. Por mais que as pessoas tentem mudar meus planos de existência, jamais me transformarei naquilo que elas gostariam que eu fosse. Dentro de mim mesma, na solidão que afaga meus passos, me fiz única... E desde então, na incerteza dessas estradas que se descortinam diante de meus horizontes, eu sigo feliz, realizada, completa e refeita. Sou, de fato, aquilo que sempre desejei ser: eu mesma, solta dentro de nós.

2 Autossuficiente
Busque controlar as batidas do seu próprio coração e deixe que das pancadas do meu (apesar de descompassadas), eu cuido sozinha.

3 Quem souber, responda
Se o inferno está cheio de boas intenções, do que estaria repleto o que nos dizem ser o paraíso?

4 De repente...
A porta de meu quarto se abriu sozinha e eu me assustei. Quando tentei fechá-la, não consegui.  Atônita, pulei pela janela da sacada e caí estatelada, num outro sonho que ainda não havia sonhado.

5 Sem saída
O mais distante que consegui me afastar dos meus medos, foi o de me aproximar ainda mais da minha louca e desvairada imaginação.

6 Impossível
Não tente me entender. Não conseguirá! Essa loucura seria como você se virar do avesso mordendo a sua própria imbecilidade.

7 Para refletir
O verdadeiro amor está dentro de nós. Em nenhum outro lugar o encontraremos. Lembra sempre e guarde essas palavras, minha amiga: existe um príncipe encantado perdido por aí, todavia, bolinando em nossas quimeras e querendo, de alguma forma esplendorosa, aflorar na magia dos nossos corações em festa. Basta que o deixemos entrar...

8 Faltavam essas palavras para ser completo o pensamento
O francês Alphonse Karr dizia que “os olhos são a janela da alma”. Ao que acrescentei, por conta e risco... E o coração a chave e o destino, à porta, entrada que se abrirá para que, por ela, ingresse a plenitude do nosso sucesso.

Charada (1 028)

Sônia tem, no armário,
10 sapatos pretos
e 10 sapatos brancos.
Qual o
menor número de sapatos
que ela deve tirar do armário,
sem olhar,
para ter a certeza de que
tirou um par da mesma cor?


Charada (1 027)



Analisando as seguintes
operações,
qual o resultado que falta?

Cavalo + Cavalo + Cavalo = 30
Cavalo + Ferradura + Ferradura = 18
Ferradura – Bota = 2
Bota + Cavalo x Ferradura = ?

Charada (1 026)

Juliana é irmã da prima
do irmão de Guilherme.
Considerando que Guilherme
tem um único irmão e Juliana
tem uma única irmã,
qual das seguintes afirmações
está correta?

a) Juliana não é prima de Guilherme;
b) Guilherme é irmão de Juliana;
c) Guilherme tem apenas uma prima,
d) Guilherme tem pelo menos duas primas;
e) Juliana tem apenas um primo.

Flagrante do Brasil, não, do mundo, antes de Jair Bolsonaro vencer as eleições no Brasil:

[Pernoitar, comer e beber fora] Restaurante Casa Bastos, em Lamego

O mais correto será denominar de tasca, porque é isso que o ‘restaurante’ Casa Bastos é. Sem qualquer desdouro.


Pois bem, nele adentramos, o jovem DT e eu, às 19h50 de uma noite de quarta-feira do mês de setembro de 2019. Na área externa havia uma lousa com o menu... Todavia, nenhuma dessas opções nos foi oferecida pela patroa quando veio nos atender. Pelos vistos não existe ementa impressa na casa.

Vamos começar do princípio. Quando entramos, um senhor, que nos perguntou se era para jantar, nos indicou uma mesa ali no canto.

Junto ao balcão, estavam uns senhores animados, pelos vistos terminando o happy hour... o restaurante é pequenino, uns vinte lugares – a menos que haja outra sala que não percebi.

O senhor que nos atendeu, disse-nos que estava indo à farmácia e voltaria logo (!?). Mas, enquanto esperávamos o senhor voltar da farmácia, uma senhora se aproximou (era a esposa do senhor que foi à farmácia) e nos ‘apresentou’ o menu verbalmente... e então aceitamos a sugestão de um misto (duas bifanas e duas entremeadas, com batata frita e salada de alface e tomate).

Informei que iria beber um vinho tinto e perguntei se era bom. A senhora respondeu mais ou menos assim: “Ai, é bom sim, senão estes senhores não estariam aqui!” 😊

Aí, enquanto esperávamos a confecção do pedido, chegou um senhor, bebeu um copo de vinho branco ao balcão, e veio nos trazer os pratos, guardanapos de papel (maiores do que os da Casa do Sardo) e talheres. Deduzimos ser o filho.

sábado, 14 de setembro de 2019

[Livros & Leituras] Você e eu somos simples apenas quando o mundo se comporta

Jordan B. Peterson

Quando as coisas quebram, tudo aquilo que foi ignorado emerge. Quando não são mais especificadas com precisão, as paredes ruem e o caos se faz presente.

Quando agimos de forma imprudente e deixamos que as coisas degringolem, tudo aquilo que nos recusamos a prestar atenção se acumula, adota a forma de uma serpente e ataca – geralmente no pior momento possível. É então que podemos ver do que a intenção focada, a precisão de meta e a atenção cuidadosa nos protegem.

Imagine uma esposa leal e honesta que de repente se vê confrontada com evidências da infidelidade do marido. Ela vive com ele há anos. Ela o via como presumiu que ele fosse: fiel, trabalhador, amoroso e confiável. Ela se apoia em seu casamento como em uma rocha, ou pelo menos é no que acredita.

Mas ele se torna menos atencioso e mais distraído. Ele começa, como dita o clichê, a trabalhar até mais tarde. Pequenas coisas que ela diz o irritam sem justificativa.

Um dia ela o vê em um café no centro da cidade com outra mulher, interagindo de uma maneira difícil de racionalizar e ignorar. As limitações e imprecisões de suas percepções anteriores se tornam imediata e dolorosamente óbvias.

Sua teoria sobre seu marido desmorona. O que acontece em seguida? Primeiro, algo – alguém – emerge em seu lugar: um estranho assustador e complexo. Isso por si só já é ruim o bastante. Mas é apenas metade do problema. Sua teoria sobre si mesma também desmorona, como resultado da traição, então o problema é que não há apenas um estranho: são dois.

Seu marido não é quem ela imaginava – mas ela também não, agora é a esposa traída. Ela não é mais a “esposa segura e bem-amada e a parceira valorosa”. Estranhamente, apesar de nossas crenças na permanente imutabilidade do passado, ela pode jamais ter sido.

O passado não é necessariamente o que era, mesmo que já tenha acontecido. O presente é caótico e indeterminado. O chão continuamente se move sob os pés dela, e sob os nossos.

Veja, brasileiro, como a imprensa portuguesa propaga as bizarrices de uns tantos malandros de esquerda

Na SIC Notícias:

A filósofa e escritora qualifica a política de Bolsonaro de "triste" e "deprimente".
A filósofa e escritora Márcia Tiburi [foto], que deixou o Brasil por ameaças de morte, alertou hoje, durante o Festival Internacional de Literatura de Berlim, que viver no país tem sido para muitos uma "experiência mortal".
Blá-blá-blá

Na tvi24:
Blá-blá-blá

Nota do Editor:
1) O blá-blá-blá é semelhante, pois trata-se de texto da agência portuguesa de notícias Lusa, de esquerda!;
2) Em nenhum momento, é informado o passado político-ideológico destes personagens que andam pela Europa e EUA disseminando ódio pelo Brasil, pois que a SERVIÇO de uma ideologia funesta e perdedora.
Dizem que a mulher é filósofa, com o intuito de a vender como uma pessoa sensata, sábia... o que, definitivamente, ela não é.

Marcia Tiburi filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) no dia 6 de março de 2018 após almoço com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Anteriormente, a filósofa fez parte dos quadros do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) entre 2013 e 2017.

Em maio de 2018, membros do PT decidiram que Marcia Tiburi seria a candidata da legenda ao Governo do Estado do Rio de Janeiro nas eleições de 2018 no lugar de Celso Amorim que, até então, era apontado como o candidato a governador do Rio de Janeiro do partido.

A pré-candidatura de Marcia à sucessão de Luiz Fernando Pezão foi homologada no dia 15 de junho de 2018 em reunião do diretório regional do PT.

Pinguins

José Bento Silva



Nota muito importante, caso nunca tenham reparado: os lunáticos aparecem sempre com voz melíflua, parecem uns anjos… mas são na verdade um NOJO de gente!
Título e Texto: José Bento Silva, Blasfémias, 14-9-2019

Tempos sem ironia

José António Rodrigues Carmo

Há dias, no carro de pessoas de esquerda, dando indicações sobre o itinerário, fui fazendo algumas ironias e piadas sobre o "virar à direita". Gosto do sentido de humor e aprecio pequenas provocações sobre futebol, ideologia etc.

Mas sei, por experiência própria, que o sentido de humor anda pelas ruas da amargura. As pessoas irritam-se e carregam o semblante, parece que agora tudo é sagrado.

Nesta nova era da correção política, há temas que não admitem brincadeiras, é como se de repente o mundo estivesse pejado de beatas. As pequenas brincadeiras discursivas são encaradas como blasfêmias e os seus autores tratados como pecadores impenitentes e malévolos.

Com o clima, com o Trump, com os gêneros, com "as minorias", etc etc., não se brinca.

Há dias, no único debate que calhei a ver, entre Rui Rio e André Silva, do PAN, o Rio ia sorrindo, mas o André, com o olhar fuzilante e expressão carrancuda, tudo encarava como se fosse o apóstolo de uma qualquer religião, o pregador da Grande Verdade.

Curiosamente é a mesma atitude da Catarina Martins, do Jerónimo, e de todos os evangelistas que acreditam que possuem a "Verdade" e que os ímpios que com elas brincam, merecem, no mínimo a flagelação e a lapidação, além de arderem no Inferno, claro.

Esta gente anda sempre séria, de cara carregada, de emergência em emergência, numa incessante pregação de virtude e intolerância ao pecado.

São exatamente como as típicas beatas de aldeia, que bufam, se benzem e se indignam quando alguém diz ou faz algo que brinca com a sua ortodoxia.

Vendas aumentam 12% em quatro dias na Semana do Brasil

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Mariana Tokarnia

Em quatro dias, as vendas no varejo em todo o país registram crescimento nominal de 12%, de acordo com balanço divulgado hoje (14) pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República. O crescimento foi registrado entre os dias 6 e 9 de setembro, no início da campanha Semana do Brasil. De acordo com a Secom, os resultados superaram as expectativas. A Semana do Brasil segue até amanhã (15).

A campanha visa a estimular as compras, com promoções e descontos especiais, gerando resultados positivos para a economia do país. Ao todo, mais de 4,5 mil empresas dos setores varejista, imobiliário, de publicidade e de comunicação participam da iniciativa, como a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), empresa pública do governo federal. Esses meios de comunicação veiculam mensagens publicitárias sobre a campanha.

Segundo o levantamento feito pela empresa de serviços financeiros Cielo, para a alta de 12% nas vendas contribuíram os setores de cosméticos, que registraram aumento de 19%; móveis e eletrônicos, com crescimento de 16%; supermercados, com 13%, e vestuário, com 7%. O crescimento foi medido em comparação às médias de dias regulares do primeiro semestre de 2019.

Oposição pede CPI para investigar suposta articulação entre procuradores e Moro na Lava Jato

Agência Câmara

Líderes da oposição protocolaram nesta quinta-feira (12) pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar "a violação dos princípios constitucionais e do Estado Democrático de Direito, em razão da suposta articulação entre os membros da Procuradoria da República no Paraná e o então juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, tornada pública pelo site The Intercept, no mês de junho deste ano" (RCP 5/19).

Foto: Pablo Valadares/Agência Brasil
A série de matérias com o conteúdo do vazamento das supostas mensagens trocadas entre Moro e os procuradores ficou conhecida como "Vaza Jato". Após a conferência de assinaturas do requerimento de criação da CPI, a Mesa Diretora da Câmara identificou 175 apoiadores, quatro a mais do que o necessário.


Para que a CPI seja criada, o requerimento deve ser lido em Plenário.
Título e Texto: Agência Câmara, 13-9-2019, 19h18

Falsidade

Nelson Teixeira

A falsidade atrasa, amargura e corrói o coração, trazendo para nós a escuridão do caminho, porque nos leva à mentira fazendo um círculo vicioso de muita tristeza e lamento.

Se a falsidade faz morada em seu caráter, é hora de refazer o caminho na sinceridade e no amor.

Os falsos não caminham, ficam estagnados na escuridão de seus próprios lamentos. É melhor usar a sinceridade mesmo que ela magoe, do que a falsidade que corrompe o caráter e a moral.

Use sempre a verdade como princípio básico para caminhada e seja sincero com as pessoas que encontrar e consigo mesmo, assim verás o quanto pode se tornar melhor sem as amarras da falsidade.
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 14-9-2019

Charada (1 025)

Quando é que a
palavra ÓCULOS
se transforma,
respectivamente, nos
sinônimos
de DOIDOS
e de BEIJO?

Charada (1 024)

Quanto é 10%
de 10%?

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

[Pernoitar, comer e beber fora] Muralha Charm House, em Lamego

A Muralha Charm House é um espaço de Turismo de Habitação, localizado no centro da cidade de Lamego, no Douro Vinhateiro. É um espaço carregado de cultura e história, encostado à muralha do Castelo de Lamego, com acesso por duas artérias seculares: a Rua da Cisterna e a Rua de Almacave.


Aliada à oferta de serviços de alojamento, numa unidade citadina de charme, às portas do coração do Douro Vinhateiro, está a aposta no Enoturismo com um foco especial no espumante. Ao mesmo tempo oferece serviços de taparia e espumantaria, num Rooftop com uma vista soberba sobre a cidade de Lamego e a mata da Nossa Senhora dos Remédios e respectivo Santuário.

Nem sei porque ou como fomos lá parar! Reservei via Booking.com


Quando chegamos ao “espaço”, dentro do horário avisado previamente, tocamos a campainha e ninguém para atender! Esperamos alguns largos minutos. Telefonamos para um número de celular que, tenho quase a certeza, é da funcionária.


Enfim, para encurtar a história, depois de uma boa meia hora (ou mais) apareceu uma senhora que, posteriormente, soubemos ser a proprietária. Pediu ‘imensas desculpas’. Enquanto se comunicava com o jovem DT este locutor que vos fala, muito puto, não emitiu um sonzinho sequer.

[Viagens e Destinos] Lamego

Lamego é uma cidade portuguesa no Distrito de Viseu, Região Norte e sub-região do Douro, com cerca de 12 214 habitantes (2011), sendo a segunda maior cidade do distrito.

O município está situado na margem sul do rio Douro, fazia parte da província tradicional de Trás-os-Montes e Alto Douro e, segundo alguns, fazia parte da Beira Transmontana, da qual era a principal cidade. Considerada uma cidade histórica e monumental, pois possui uma grande quantidade de monumentos, igrejas e casas brasonadas, sendo também uma diocese portuguesa.

Cidade antiquíssima, datando já do tempo dos romanos, foi reconquistada definitivamente em 1057 por Fernando Magno de Leão aos mouros; quando os distritos foram instituídos em 1835 por uma reforma de Mouzinho da Silveira, Lamego foi inicialmente prevista como sede de distrito; mas nesse mesmo ano a sede do mesmo foi deslocada para Viseu, devido à sua posição mais central.

Foi em Lamego que teriam decorrido as lendárias Cortes de Lamego, onde teria sido feita a aclamação de D. Afonso Henriques como Rei de Portugal e se estabeleceram as "Regras de Sucessão ao Trono".

É sede da diocese de Lamego (a única diocese portuguesa que não corresponde a uma capital de distrito), e no concelho são numerosos os monumentos religiosos, dos quais se destacam a Sé Catedral, a Igreja de São Pedro de Balsemão e o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, que dá também o nome à Romaria anual cujo dia principal é o 8 de setembro, que é também o feriado municipal.

Passamos por Lamego dias depois da Romaria anual – a cidade ainda mantinha as decorações pertinentes –, cidade pequena, pacata e cheia de igrejas, capelas e outros monumentos cristãos.
Vale a visita!

Eis algumas fotos: