quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Caminhos cruzados

José Manuel
No Senado, ficou evidenciado que o destino do país está mais do que nunca nas mãos do Dr. Sérgio Moro e Dra. Janaína Paschoal, após o fatiamento inconstitucional do processo de impeachment.

Está claro, cristalino na Carta Magna, de que não pode haver uma divisão, e que o afastamento e a perda são indissociáveis.

E o resultado mais próximo foi visto na mesma noite após o julgamento, nas ruas de São Paulo, com o furor exacerbado e manipulado dos que julgam continuar no poder e por ele fazer tudo nem que seja a barbárie.

A partir deste processo o país corre o risco gravíssimo de retroceder ao Araguaia e às hostes de guerrilheiros que na realidade nunca deixaram de ser, apenas vestindo na atualidade uma roupagem de movimentos socais que ninguém em juízo perfeito pode acreditar.

E a senha foi dada logo após o processo, no discurso intercalado com Maiakovski, aquele que diz que "Sem forma revolucionária não há arte revolucionária" acompanhado de figuras mais que conhecidas que infernizam a nossa e a vida pública atualmente.

É preciso a partir deste momento ficar muito atento aos próximos passos, pois tudo leva a crer que o novo governo terá problemas imensos nessa área, muito mais dolorosos e conhecidos no passado, do que os já sobejamente conhecidos pela população.

Na realidade, o fundamento principal deste partido que ora julgamos fantasiosamente em extinção, sempre foi o que se verá daqui por diante, apenas não se formatando nos catorze anos de poder por estar revestido de uma aparente legalidade e a determinação em estocar indiscriminadamente as verbas do poder público, para um futuro confortável das aspirações revolucionárias. Por tanto Dr. Moro e Dra. Janaína, o nosso futuro mais uma vez está em vossas mãos. 
Título e Texto: José Manuel, nunca estivemos tão próximos do abismo. 1-9-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-