sábado, 3 de junho de 2017

ONU faz campanha anti-Israel com foto de Damasco bombardeada

GENEBRA, 2 de junho de 2017 - A UN WATCH exigiu hoje que o chefe da UNRWA, Pierre Krahenbuhl, apresente desculpas pelo uso de imagens falsas de uma menina num edifício bombardeado da Síria, numa grande campanha global para arrecadar dinheiro para a organização, fingindo que a menina é uma vítima de supostas ações israelitas em Gaza. 

A AUNRWA (organismo da ONU) está a usar a imagem falsificada (acima) nos seus anúncios no Facebook e no Twitter. A UNRWA está a usar a foto como imagem de capa.

O texto que acompanha a campanha:

Imagine estar separado do mundo - para toda a sua vida. Isto é realidade para crianças como Aya. O bloqueio de Gaza começou quando ela era bebé, a ocupação na Cisjordânia antes de os seus pais nascerem. Agora ela tem onze anos e o bloqueio continua.

As memórias de infância de Aya são de conflito e dificuldades, paredes a que ela não pode escapar, e o medo de que a única casa que ela conhece, por menor que seja, pode ter desaparecido quando ela retornar da escola.

Este Ramadão, por favor, ajude a apoiar crianças como Aya que não conhecem nada além de conflitos e dificuldades.

No entanto, nem a menina nem o edifício bombardeado são em Gaza. É uma foto antiga da Síria, de 2014.
Continue lendo aqui »

Um comentário:

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-