sábado, 15 de fevereiro de 2020

Deve ser a isto que se chama populismo, não é?

Helena Matos

Via Porta da Loja descobri isto. Os indignados do populismo não têm nada a dizer? Imaginem quantos cordões humanos já teriam sido feitos caso o alvo da peça fosse um alguém apreciado pelo sistema “mediático-diz que sou artista”.




Título e Texto: Helena Matos, Blasfémias, 15-2-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-