segunda-feira, 4 de maio de 2020

Morre o ator Flávio Migliaccio

Carreira foi longa, incluindo papéis em teatro, cinema e TV

Alana Gandra

O ator Flávio Migliaccio, de 85 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (4) pelo caseiro no sítio onde morava, no município de Rio Bonito, região metropolitana do Rio de Janeiro. A família ainda não sabe a causa da morte. Migliaccio nasceu no bairro do Brás, em São Paulo, no dia 26 de agosto de 1934. 

Ele iniciou a carreira na década de 50 no teatro, junto com a irmã, Dirce Migliaccio, já falecida, e ingressou na TV Globo em 1972, desempenhando o papel de Xerife, na novela O Primeiro Amor. O sucesso alcançado pelo personagem deu origem, naquele mesmo ano, ao seriado Shazan, Xerife e Companhia, estrelado também pelo ator Paulo José.


Migliaccio trabalhou ainda no cinema, ficando conhecido pelo personagem título do filme Aventuras com Tio Maneco, de 1971, do qual foi também diretor.

O último trabalho de Migliaccio na televisão foi como o personagem Mamede Al Aud, na novela Órfãos da Terra, que foi ao ar no ano passado na TV Globo.

Casado com Ivone Migliaccio, Flávio é pai do jornalista Marcelo Migliaccio.
Título e Texto: Alana Gandra; Edição: Nádia FrancoAgência Brasil, 5-5-2020, 14h04

Relacionado:

2 comentários:

  1. Migliaccio escreveu: "Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora. Num país como este. E com esse tipo de gente que ... - Cuidem das crianças...

    Curto e grosso como deveria ser...

    ResponderExcluir
  2. Curto ,grosso ,trágico e infelizmente verdadeiro!

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-