segunda-feira, 4 de maio de 2020

[Aparecido rasga o verbo] “Êta Mundo bom” se despede do veterinário Josias

Aparecido Raimundo de Souza

A coluna “Rasgando o verbo”, vem mais uma vez, em edição extraordinária, para informar à grande familia Cão que fuma” o falecimento do ator FLÁVIO MIGLIACCIO, batizado Flávio Gomes Migliáccio, nascido em 15 de outubro de 1934 no bairro do Brás, centro de São Paulo.


O ator morava no sítio da família, na localidade da Serra do Sambê, em Rio Bonito, Rio de Janeiro. Coincidentemente a Rede Globo em “Vale a  Pena Ver de Novo”, está reprisando o folhetim “Eta Mundo Bom” de Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo, onde Migliáccio, na  pele do personagem Josias (veterinário) tenta receber uma dívida do casal Cunegundes, vivido  por (Elizabeth Savala) e Quinzinho (Ary Fontoura).

Como eles não tem dinheiro para arcar com a dívida estratosférica, Quinzinho oferece, em troca da mesma, a filha mais nova, Mafalda (Camila Queiróz). Todavia, o veterinário ama de paixão a linda e encantadora Filó (Débora dos Santos Nascimento), que fugiu de casa caindo nas garras de um gigolô.


Um excelente momento para todos  nós recordarmos desse homem  fabuloso, que foi Flávio Migliáccio. Nossos pêsames à esposa, dona  Ivone Migliáccio, ao filho Marcelo Migliáccio, jornalissta, e, claro, aos demais parentes e amigos do ator. Nossas Saudades Eternas.
Título, Imagens e Texto: Aparecido Raimundo de Souza, de Vila Velha,  Espírito Santo. 4-5-2020

Colunas anteriores:

8 comentários:

  1. Lamentável ...Circula nas redes uma carta de despedida ,e a informação de que foi suicidio..."Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é (…) como tudo aqui. A humanidade não deu certo”,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ver essa "dramática" imagem a que você aduz.
      Paizote, o seu comentário acima denota, clareia e escancara o seu lado político-ideológico. Só você ainda não teve coragem de assumir.
      Por favor, nos poupe desse isentismo de esquerda e diga logo "Eu odeio Bolsonaro". Fica claro e pode virae embate democrático.

      Excluir
    2. HEIM!!!! https://www.rdnews.com.br/nacional/flavio-migliaccio-deixa-carta-apos-suicidio-me-desculpem-mas-nao-deu-mais-leia/127725

      Excluir
    3. https://www.google.com/search?q=Me+desculpem%2C+mas+n%C3%A3o+deu+mais.+A+velhice+neste+pa%C3%ADs+%C3%A9+(%E2%80%A6)+como+tudo+aqui.+A+humanidade+n%C3%A3o+deu+certo&oq=Me+desculpem%2C+mas+n%C3%A3o+deu+mais.+A+velhice+neste+pa%C3%ADs+%C3%A9+(%E2%80%A6)+como+tudo+aqui.+A+humanidade+n%C3%A3o+deu+certo&aqs=chrome..69i57&sourceid=chrome&ie=UTF-8

      Excluir
    4. JIM . Quanto ao bolsonaro , eu não gosto mesmo! Eu e metade da população brasileira, só que meus motivos não são políticos ou ideológicos, APENAS porque a cara é louco total, só não ve quem não quer.quando ele ainda estava em campanha postei aqui que era outro do tipo Collor e jônio quadros, e o tempo provou QUE EU ESTAVA CERTO!

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. VIDE CÓPIA DA CARTA ; https://lfnews.com.br/ator-flavio-migliaccio-se-suicidou-e-deixou-carta-a-humanidade-nao-deu-certo/

      Excluir

  2. Eu disse que não iria comentar, mas os dedos estão coçando. Vamos fazer aqui um Desvio de finalidade. E qual seria? Falar do texto acima? Não. Falar de tudo, menos do artigo. Pois bem. PASMEM! Enquanto no brazzzil a população, aos peidos, literalmente morrendo de fome, o “grorioso e onrado” STF (Superior ‘Tribundal’ de Flibusteiros) quer dinheiro público (nosso dinheiro) para vacinar os nossos miSInistros contra a gripe.

    Engraçado! Nessa hora, não aparece nenhum representante da mais “auta corte” escrevendo ou dando uma decisão monocrática (decisão monocrática é aquela decisão “romance” com mais de 300 páginas escrevinhada por um só dos urubús fantasiado de toga, perdão, de droga) barrando um processo, impedindo uma ação de ir à frente, ou suspendendo uma nomeação como vimos recentemente na patacoada do senhor “Alenxandre Bem Longe de Morrais”, quando da nomeação do outro Alexandre, o Ramagem, para assumir a PF, tornando-a uma Polícia Firme.


    Na nossa humilde burrice, entendemos ser uma tremenda falta de vergonha, de caráter e de respeito, sobretudo de respeito com essa população sofrida, machucada, derreada e às portas de sair às ruas pedindo esmolas. Percebam que nenhum dos integrantes ou nenhum dos intocáveis Deuses do Olimpo (perdão, do Osujo) mostrou a fuça, ou deu contra, alegando, numa “canetada”, ou esferografada, qualquer porra, ainda que a repetição de um sutil e cavernoso “DESVIO DE FINALIDADE”.

    Ah, dinheiro público para vacinar ratos de esgoto não se caracteriza “Desvio de Finalidade”. Senhores, pelo amor de Deus. “Desvio de finalidade” se resume nisso: falta de vergonha, desconhecimento do que representa a palavra hombridade (para alguns, ombridade), e, de roldão, decoro, brio, honradez, pundonor, compostura, fidelidade, transparência...


    Desvio de Finalidade é usar a nossa grana, a nossa baba, para a aquisição de 4 mil vacinas destinadas a imunizar esses vermes que engolimos e reverenciamos como miSinistros, e não só eles, no bolo, de contrapeso, servidores, e tambem os filhos e demais familiares dos nossos folgados Poderosos Capas de Morcegos.


    Valor? A bagatela de R$ 140 mil reais. Cadê o tal do Portal da Transparência? Descupem, Hortel da Transfudência. Vacinas de gripe para o STF: padrão Anvisa. “De acordo com o processo de compra, o Supremo pretende adquirir vacinas para imunização contra o vírus influenza regulamentadas pela resolução nº 2.735/2019, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Na prática, essa vacina é suficiente para garantir a prevenção ao vírus H1N1 (mais conhecido como Gripe A) e H3N3, por exemplo. As marcas de referência das vacinas solicitadas pelo STF são Sanofi Aventis, GSK, Abbott ou equivalente”. O edital Pregão Eletrônico nº 16/2020 – UASG 40001. Processo nº 011463/2019. Publicado no Diário Oficial em 17.03.2020 – Edição 52 Seção 3 Página 98.


    A raia miúda, ao invés de ir para as ruas mostrar mundo à fora a grandeza da sua imbecilidade, a dimensão da sua idiotia, deveria, antes de qualquer coisa, promover panelaços, tomataços, canetaços, prataços, escarraços e cuspidelaços salpicados de bostas bem fedorentas na frente do prédio-pocilga que conhecemos como STF. Ou melhor, bater delicadamente com aquelas chinelas havaianas nas carinhas de anjos de nossos Poderosos e Imortais representantes do Parlamento das Leis. Fazer valer aquele frase medíocre: “TODO PODER EMANA DO POVO E EM SEU NOME É EXERCIDO”. Ki KI KI KI KI...

    Aparecido Raimundo de Souza, de Vila Velha, no Espírito Santo.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-