segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Uma nova história foi escrita 11 anos depois

Com golos de Marega e Soares, o FC Porto venceu o Sporting (2-1), em Alvalade, na 15ª jornada da Liga NOS

O FC Porto bateu este domingo o Sporting (2-1), no Estádio de Alvalade, no clássico referente à 15ª jornada do campeonato. Marega (6m) e Soares (73m) foram os marcadores de serviço nos Dragões, que passam a somar 38 pontos, menos quatro do que o Benfica, primeiro classificado.

Foto: Carlos Silva/Bola na Rede
O FC Porto entrou a todo o gás no clássico e adiantou-se no marcador logo aos seis minutos, por intermédio de Marega: Tecatito Corona deixou o avançado maliano na cara de Luís Maximiano e o 11 portista desfeiteou o guarda-redes do Sporting com apenas um toque na bola, dando vantagem aos Dragões. Numa primeira parte em que rarearam os lances de perigo, voltou a ser o FC Porto a ameaçar com um remate de Nakajima que saiu ligeiramente por cima (34m).

Já bem perto do intervalo, na sequência de uma recuperação de bola, o Sporting chegou ao empate por Acuña, que bateu Marchesín com um remate forte e colocado já dentro da área e de um ângulo difícil (44m). Os lisboetas entraram melhor na segunda parte e quase conseguiram a reviravolta, sempre com Luciano Vietto como protagonista (48m, 62m e 64m). Do outro lado, o FC Porto foi mais eficaz e voltou a ganhar vantagem no clássico de Alvalade.

Na sequência um canto marcado por Alex Telles, Soares surgiu solto de marcação na área lisboeta e cabeceou sem hipóteses para Luís Maximiano, devolvendo o FC Porto à liderança do marcador (73m). Tudo poderia ter ficado decidido pouco depois, quando Soares colocou Luis Díaz frente a frente com Luís Maximiano. O internacional colombiano não conseguiu bater o guarda-redes do Sporting e desperdiçou uma oportunidade flagrante para fazer o 3-1 (75m).

O Sporting lançou-se desenfreadamente para o ataque e ficou a centímetros do empate quando Coates cabeceou à barra após um canto cobrado por Bruno Fernandes (85m). Já em período de compensação, Luís Maximiano voltou a negar o golo a Luis Díaz (90m+2), mas a excelente exibição do guardião sportinguista não impediu o FC Porto de somar três pontos importantíssimos e de voltar a vencer em Alvalade 11 anos depois. Uma nova história foi escrita.
Título e Texto: FC Porto, 5-1-2020, 19h43

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-