sábado, 3 de agosto de 2019

Polícia do Rio apreende 162 facas em diferentes pontos da cidade

Ação ocorre após morte de duas pessoas esfaqueadas por morador de rua

Douglas Corrêa

Nos últimos cinco dias, policiais militares e agentes civis da Operação Segurança Presente apreenderam 208 armas brancas, entre as quais 162 facas, com a população em diferentes pontos da cidade. Desde a última segunda-feira (29), as equipes têm intensificado as abordagens e ações em locais usados como esconderijos para esse tipo de objeto, que pode servir para cometimento de crimes. A abordagem à população de rua foi determinada pelo governador Wilson Witzel, após a morte de duas pessoas esfaqueadas por um morador de rua no último domingo (28).

Nesse dia, Plácido Correa de Moura, de 44 anos, armado com uma faca, matou o professor de educação física Marcelo Henrique Correia Reis, de 35 anos, quando este parou o carro em um sinal de trânsito no bairro da Lagoa, zona sul do Rio.

O crime ocorreu na Rua Abelardo Lobo por volta das 12h, em local de grande movimento de pedestres e carros e considerado um ponto nobre da cidade. Antes dele, Plácido já tinha atacado, no mesmo local, o engenheiro elétrico João Napoli, de 34 anos, que parou o carro no sinal de trânsito da rua, que fica nas imediações da entrada do Túnel Rebouças. Imagens de câmeras mostram que o morador de rua esperou o carro parar para atacar João Napoli.

A namorada de João, Caroline Moutinho, saiu do banco do carona e também foi ferida a faca por Plácido. João morreu na hora e Caroline ficou internada no Hospital Miguel Couto, e já recebeu alta médica. Ela foi atacada quando correu para ajudar o namorado.

Plácido foi baleado e preso por policiais militares. Na tentativa de prisão, mais três pessoas foram feridas.

João e Caroline namoravam há seis anos. Em sua conta no aplicativo Instagram ela publicou, há um mês: “Eu não preciso de um dia para comemorar a sorte do nosso encontro”. Eles iriam se casar dentro de três semanas.

Outro ferido a faca
No final da noite de ontem (1º), um turista argentino, que não teve o nome revelado, caminhava na Rua Paula Freitas, perto do calçadão de Copacabana, com a namorada, quando foi abordado por um homem, que seria um vendedor ambulante. Como não quis comprar o produto que o ambulante vendia, foi atacado e acabou ferido. A namorada do turista nada sofreu. O agressor fugiu, em seguida. Nada foi levado da vítima.

De acordo com a Polícia Militar, o turista foi ferido no peito e no braço. A vítima foi levada para a unidade pronto atendimento (UPA) do bairro e depois transferida para o Miguel Couto, no Leblon. Ele foi atendido e liberado de madrugada. Os ferimentos não foram profundos.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia de Atendimento ao Turista. Diligências estão em andamento em busca de imagens e testemunhas.

Apreensões na semana
Só na região do centro da cidade os agentes recolheram 45 facas, cinco estiletes e um canivete em diferentes locais como Praça XV, Largo da Carioca e Avenida Rio Branco. Em Copacabana, as equipes retiraram 34 facas das ruas. Em Ipanema foram 27 facas, cinco estiletes, seis tesouras, um serrote e oito barras de ferro. Na Lagoa, os agentes encontraram uma marreta, duas facas e uma barra de ferro. O Leblon Presente apreendeu seis facas, uma tesoura, uma chave de fenda e um estilete.

Na Lapa, as equipes encontraram 17 facas, um estilete, uma tesoura e um serrote escondidos em bueiros, arbustos, lixeiras, ralos e outros locais. No Parque do Flamengo, o Aterro Presente recolheu 12 facas - três foram apreendidas durante abordagem. As três pessoas que portavam as facas foram encaminhadas à 9ª DP.

Na zona norte, policiais e agentes civis do Méier Presente encontraram 14 facas, dois estiletes e duas tesouras escondidas em bueiros e árvores. O material foi levado para a 26ª DP.

O Tijuca Presente encontrou uma faca junto com os pertences de um morador de rua que dormia em um banco na Praça Saens Peña. Ele foi levado para a delegacia de polícia do bairro.

Em Niterói, na região metropolitana, os agentes encontraram em abordagens uma faca, um estilete e duas chaves de fenda.
Título e Texto: Douglas Corrêa; Edição: Nádia FrancoAgência Brasil, 2-8-2019

Relacionado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-