segunda-feira, 18 de maio de 2020

Os idiotas úteis e o covid

José António Rodrigues Carmo

Há um tipo de pessoas que Lenin chamava sarcasticamente de “idiotas úteis”.


O idiota é, em primeiro lugar, idiota. É a sua essência.

O “plus” do “útil”, releva do facto de este específico tipo de idiota, no exercício quotidiano da sua convicta idiotice, ser bastante útil a quem o manobra à vara, como antes se fazia às juntas de bois.

Na atualidade, um abundante tipo de idiota útil é aquele que a propósito do COVID, debita galharda e furiosamente aquilo que acredita serem as suas opiniões, sobre o Trump, o Bolsonaro, o capitalismo, o ultra neoliberalismo, e isso, ao mesmo tempo que nem um único dos seus pouco usados neurónios se ativa quanto ao óbvio iniciador da histeria em que nos instalámos: a China!

Quando alguém refere a China, o idiota útil assobia para o ar, faz aquele ar de peixe cozido, típico de quem não tem a mínima ideia do que se passa e regurgita um slogan sobre o malvado Trump ou a variante Bolsonaro.

A este tipo de idiotas úteis, há que dizer-lhe: Foi a China, estúpido!

Sim, a China comunista, que:

1 - Escondeu do mundo a o espalhar do vírus, com a evidente finalidade de se locupletar com massivos stocks de material de proteção. É que se outros países tivessem sabido a seu tempo, do perigo que vinha de Wuhan, teriam também ido ao mercado mais cedo, o que tornaria a tarefa mais difícil para os nababos do Partido Comunista Chinês.

2 - Mentiu descaradamente sobre a transmissão do vírus entre humanos.

3 - Meteu na prisão e silenciou os funcionários que tentaram pôr a boca no trombone.

4 - Sonegou dados sobre o vírus.

5 - Cancelou as viagens internas de Wuhan para o resto da China, mas incentivou a continuação das viagens aéreas da mesma cidade para o resto do mundo, chegando até a condenar o maldito Trump, por este ter cancelado certos voos vindos da China (e aqui, mais uma vez, os idiotas úteis, bravejaram no coro contra o estúpido do Trump).

6 - Continua a impedir uma investigação às origens do vírus.

7 - Tem vendido milhões de máscaras e testes falsificados, como o puderam comprovar in loco, os idiotas úteis que governam aqui o país do lado.

8 - Manipulou a direção da OMS, superiormente dirigida por um abexim, que é, não por acaso, um ex-terrorista marxista.

Como resultado disto tudo, milhares de vidas se perderam, milhões de empregos se irão perder.
Não, não é uma teoria da conspiração. Não acredito que o vírus tenha sido produzido de forma propositada para obter os resultados que estão à vista, mas o que o Partido Comunista Chinês fez, sem qualquer dúvida, foi sonegar deliberadamente a informação disponível, e esteve-se também deliberadamente nas tintas para o facto de o vírus se espalhar pelo mundo todo, em resultado das suas ações e omissões.

A palavra-chave é “DELIBERADAMENTE”!

Isto merece severas retaliações que espero venham a ser tomadas, a nível global.

Mas, para já, apenas espero que os idiotas úteis que por aí abundam e que enxameiam os nossos media, redes sociais e demais tugúrios, continuem a ser idiotas, mas não sejam úteis a um grupo de criminosos contumazes que formam o Partido Comunista Chinês.
Título e Texto: José António Rodrigues Carmo, 18-5-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-