sábado, 1 de fevereiro de 2020

Graduada em “Gestão Ambiental”

Ruy Souza

Num passado recentíssimo, recebi na minha casa um grupo de jovens, amigos dos meus filhos. Uma das meninas que acompanhava o grupo era graduada em “Gestão Ambiental”.

Perguntei a ela o que fazia um gestor ambiental e ela não soube responder. Porém, na explicação da sua “profissão” mencionou o fato de o Brasil ter agricultura “predatória”...


Ou seja, é isso que estavam ensinando nas universidades da pátria educadora, acompanhando a “opinio doctorum” dos ambientalistas internacionais, aí incluída a pirralha que não conseguiu concluir o “high school”.

A jovem não sabia qual a área do Brasil!

Não sabia que dessa imensa área do Brasil (quinto país em extensão territorial) apenas 11% é utilizado para o agronegócio.

Que desses 11%, os proprietários são obrigados a manter “reserva legal” igual a 20% da área.

Fazendo as contas, pouco mais de 8% do nosso território é utilizado para a “agricultura predatória”. E com isso assustamos o mundo!

Muitos sites podem dar essas informações oficialmente, mas o Google e a Wikipédia têm todas, ou mais, informações.

Não aprende quem não quer.  Quem está querendo fazer oposição a um governo, sem sequer conhecer as cores do Pavilhão Nacional.

Quem só conhece “vermelho”, feito touro de arena...

É inútil perder tempo com esquerdopatas, porque eles têm incrustado na cachola um bloqueio cognitivo. Jamais vão aprender, porque querem ser ignorantes.

Quer apostar que eles vão encontrar um monte de erros de português, desde concordância nominal e/ou verbal até ortografia?

Abraço.
Texto: Ruy Souza, 30-1-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-