domingo, 4 de setembro de 2016

Dilma Rousseff vai morar no Rio de Janeiro para ficar mais perto dos correspondentes estrangeiros



A ex-presidente Dilma Rousseff tem 30 dias para deixar o Palácio da Alvorada após a efetivação do processo de impeachment. Dilma, no entanto, já tem destino certo: o apartamento da mãe, Dilma Jane, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo, a ex-presidente escolheu a capital fluminense no lugar de Porto Alegre (RS), cidade onde mora a filha e o neto, porque precisava concentrar suas atividades em uma região mais central do País.

A publicação afirma ainda que Dilma deve adotar uma política mais agressiva e a presença de correspondentes internacionais também teria pesado na escolha.

A mãe de Dilma, Dilma Jane, está doente e vivia ao lado da ex-presidente no Palácio da Alvorada, em Brasília.
Tribuna Hoje, 3-9-2016

A ex-presidente Dilma Rousseff, que é mineira mas fez sua carreira política no Rio Grande do Sul, não vai voltar para Porto Alegre onde mora sua filha e os netos. Ela vai vir aqui para o Rio de Janeiro, para o apartamento de sua mãe Dilma Jane. Mais especificamente para Rua Joaquim Nabuco, em Ipanema, no prédio 212, situado a uns 200 metros da praia. É o que informa Lauro Jardim/O Globo.


Entre os motivos de sua mudança, de acordo com a Folha de São Paulo, é aproveitar que no Rio há a presença de muitos correspondentes estrangeiros, onde seu discurso de “vítima de golpe” tem mais receptividade.

Ao menos os moradores da Joaquim Nabuco podem se garantir em algo: Dilma mesmo como ex-presidente, mantém uma equipe de segurança! 
Diário do Rio, 3-9-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-