sábado, 13 de maio de 2017

Feliz Dia das Mães!


Dia das Mães, também designado de Dia da Mãe, é uma data comemorativa em que se homenageia a mãe e a maternidade. Em alguns países é comemorado no segundo domingo do mês de maio (como no Brasil e na Irlanda). Em Portugal é comemorado no primeiro domingo do mês de maio.

11 comentários:

  1. Desconheço, tristemente, a autoria desta belíssima foto: uma MÃE segurando dois filhos!
    Linda foto! Linda mulher!

    ResponderExcluir
  2. Caraca! A foto (mais do que o post) já recebeu mais de mil visitas!

    ResponderExcluir
  3. Mãe, palavra Fortíssima, Símbolo de Amor, Dedicação, Doação, Ser com o dom de Amar seus filhos, imensurável!
    Todos tivemos uma Mãe!
    Todos devemos, quer queiram ou não, Amor a nossa Mãe. Muitos já a temos no Céu, ou com Anjos que ainda nos protegem. Mãe é para ser cuidada dia a dia, lembrada ou assistida, sempre.
    Feliz dia das Mães!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  4. COMO GOSTO DE DISCORDAR.
    DIA DA MÃE OU DIA DO PAI ERA PARA SER TODOS OS DIAS.

    NO TEMPO QUE SE ESVAI,
    NA VIDA CRIANÇA
    HÁ PAI QUE É MÃE
    HÁ MÃE QUE É PAI
    UMA ARCA DA ALIANÇA
    AMBOS NA VIGÍLIA
    NA ETERNA ESPERANÇA
    DA FAMÍLIA.

    HOJE É O DIA DA FAMÍLIA, DIA DE HOMENAGEAR PAIS MÂEZONAS, MÃES PAIZÕES, ENFIM SOZINHOS OU JUNTOS, CUIDAM DE SUAS FAMÍLIAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso que todos os dias são Dia da Mãe, do Pai, do Filho, do Trabalhador... como julgo que todos os dias deveriam ser Natal.
      Tive a minha época (ou privilégio) de pai mãezona.
      Contudo, aceito e curto numa boa esses dias especiais, mesmo os descaradamente 'comerciais' como, justamente, este Dia da Mãe; em alguns países no primeiro domingo de maio, em outros, no segundo domingo.
      Teve uma época, em Portugal, em que o Dia da Mãe, era comemorado no dia 8 de Dezembro, Dia de N. S. da Conceição, a Imaculada. Mãe de Cristo. Tinha toda a lógica, para os cristãos.
      Agora é no primeiro domingo do maio...
      Tenho muito receio que o dia 25 de dezembro deixe de ser feriado, por receio de ferir as susceptibilidades da aliança islamita com a esquerda, e o Natal passe a ser 'comemorado' no quarto domingo de dezembro...
      Quem viver verá!
      Abraços./-

      Excluir
  5. Fato é, que este post, ou melhor, em prol da Verdade e Justiça, esta foto, com quase QUATRO mil visualizações, contribuiu para o recorde de acessos em um domingo!
    Obrigado, fotógrafo.

    ResponderExcluir
  6. Colunista SJW diz que é hora de “acabar com o Dia das Mães”

    A colunista Emma Teitel, do Toronto Star, disse que “os feriados do Dia Das Mães e Dia dos Pais são um estorvo para os pais não-binários que não se identificam com um único gênero”.

    Ela disse isso em um texto chamado “É hora de acabarmos com o Dia das Mães”.

    Para ela, “o Dia das Mães significa muitas coisas para várias pessoas – café da manhã na cama, flores e cartões dizendo ‘Mãe Número 11’ – mas a justiça social não é normalmente uma delas”, alegando que a justiça social seria a intenção original da data.

    Teitel alega que “em vez de fazer as pessoas se sentirem bem, [Dia das Mães e Dia dos Pais] tendem a deixar pessoas se sentindo mal ou excluídas”.

    Ela diz que isso não é apenas verdade para “pessoa que perderam seus pais ou crianças”, mas também “um estorvo para pais não-binários”.

    A sugestão dela é criar uma data única chamada “Dia do Guardião”.
    É mole?
    As informações são do site de Milo Yiannopulos.
    Luciano Ayan
    http://www.ceticismopolitico.com/colunista-sjw-diz-que-e-hora-de-acabar-com-o-dia-das-maes/

    ResponderExcluir
  7. Estamos numa guerra de civilizações: a cristã judaica versus a islamita/esquerdista.
    Eu não sabia que era cristão ferrenho. Não frequento a igreja, cito isso como mero detalhe informativo, pois esta opção não me torna diferente, apenas me mantém um cidadão ocidental margeando com ateus e agnósticos e judeus.
    Mas, depois que percebi a invasão de uma religião, aliada a uma ideologia política que não são as minhas, coloquei de lado o 'Ceticismo' - sistema filosófico, ou corrente - que abraçava até então, e optei por uma certeza: a da civilização ocidental, judaico-cristã, e o capitalismo, como ideologia política, são os melhores e únicos impulsionadores do desenvolvimento, em todos os níveis e intensidades.

    ResponderExcluir
  8. Portanto, isto quer dizer, viva os Dias das Mães, o Natal, o Dia do Pai... Vivam os Shoppings, os Centros Comerciais, as Igrejas, as Procissões...
    Viva todo aquele político que não tenha medo de reconhecer, em PÚBLICO, que é branco, cristão, heterossexual, que é casado com uma mulher, por exemplo, negra. Que adora e tem um tesão enorme pela sua mulher, mas, porra!, reconhece, ó gente conflituosa!
    E agressiva.

    ResponderExcluir
  9. 4 096 foi o número de acessos, ontem, domingo!
    Este post contribuiu com 3 013 visualizações.
    Obrigado!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-