terça-feira, 19 de maio de 2020

[Foco no fosso] Premiado

Haroldo Barboza

Num momento de pânico geral produzindo material que vai alimentar o caos da miséria social que vai explodir em 2021, nada pior do que receber esta manchete estampada na mídia do RJ, neste final de maio de 2020:



“Witzel reconduz ao governo secretário supostamente envolvido no Covidão”

Num país decente, quando um membro do governo é suspeito de irregularidades administrativas ele é afastado até que o inquérito seja concluído? Sim. Depois, se for inocente, pode ser reconduzido ao cargo.

Como no Brasil tal elemento é “premiado” com novo cargo e mantendo as mesmas facilidades de transitar na área onde ocorreu a comprovada irregularidade que põe em risco centenas de vidas? Porque o povo esquece logo.

Seria para manter-se calado e não “abrir o jogo” comprometendo escalões superiores?

Deste bando que corrói as divisas do RJ (seguindo a conduta de dirigentes anteriores momentaneamente presos) alguns elementos (que contam com os ensaios de escolas de samba para distrair o povo) certamente se lançarão como candidatos nas próximas eleições!

Só a hashtag #lockdown-ratos-votar99 poderá nos ajudar.
Título e Texto: Haroldo Barboza, Rio de Janeiro, 19-5-2020

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-