sexta-feira, 15 de maio de 2020

[Foco no fosso] Dia do “pico”

Haroldo Barboza

Não confunda com dia do “fico”, apesar de ambos terem pontos em comum.

Após abandonar as equações de 5º grau, bem como alquimias medievais, passamos a analisar as folhas corridas dos incautos (e seus herdeiros) que povoam o cenário público nacional desde a “proclamação” da independência do Brasil.

E depois de 60 dias de “aprisionamento” parece que encontramos a data em que o “pico” da pandemia será proclamado!

Finalmente vamos permitir que cada cidadão possa diagramar uma agenda de sobrevivência sabendo desta data.

Os dois fatores decisivos para que os parasitas tenham tal data já definida, devem ser:

1)  Necessidade de liberar datas para que as escolas de samba comecem os ensaios para o Carnaval de 2021.

2)  Necessidade de que os “eleitários” estejam liberados e treinados para atravessarem as vias públicas para chegarem às urnas-E para votarem de novo nestes mesmos parasitas que gastam seus neurônios arquitetando “brechas nas leis” para sugarem os cofres públicos sem riscos de serem condenados. Além do que, se não ocorrerem eleições, não terão meios de meterem a mão na grana do fundo eleitoral.

Fique frio que já vou revelar a data: 30 de agosto de 2020!

E aí surge a oportunidade da população dar o troco pela covardia que foi praticada contra ela ao longo de mais de 100 anos:

No dia 1 de setembro de 2020 uma entidade de respeito erguer a bandeira da moralidade e criar a mais importante “hashtag” deste século:

#lockdown-vote99-fora-ratos
Título e Texto: Haroldo Barboza, 15-5-2020

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-