sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

[Varig/Aerus] Mais um ano que não passou…

Selene Medeiros
À Procuradoria das Fundações do Rio Grande do Sul
Ao Exº Presidente do STF, Cesar Peluso
Ao Ex° Senador Paulo Paim
Ao Ilmo Sr. Juiz de Recuperação da Varig
Realmente um ano a mais perdido... Temos jogado todas nossas iras sobre o Governo, a Justiça, o Legislativo, o Sindicato, as Associações e, na realidade, poupando OS culpados que verdadeiramente nos jogaram nesta penúria, maldosamente, por incompetência, falcatrua ou ambição. Que se fosse um governo sério estariam na prisão! Eles estão recebendo seus vencimentos em dia, cada um é diretor do que restou da FRB, fizeram um clube fechado sem escrúpulos dando uma bofetada na “cara” de todos, inclusive da Justiça. Usando argumento totalmente descabido de que quando iniciou a ruína da Varig eles tinham oitenta aviões, mas esqueceram de dizer também que a companhia estava na época com uma dívida de seis bilhões de reais, isto é, uma Varig totalmente falida por culpa deles.
Não tiveram nem pudor de se reelegerem em sucessivas assembléias. Descaradamente dividiram esta “capitania” entre eles, o que restou do grupo Varig que ainda não destruíram.
Onde está a Justiça? Com a desculpa de cega, é covarde e conivente, pois com toda esta indecência que OS famigerados curadores da FRB fizeram, não satisfeitos com a destruição da nossa VARIG e contando com a condescendência desta Justiça.
Este ano recém-iniciado, que nossas campanhas sejam também direcionadas para acabar com esta impunidade, exigindo justiça contra esta indecência dos CURADORES DA FUNDAÇÃO RUBEN BERTA.
Só nós somos penalizados da maneira mais torpe? Retirando nossa aposentadoria, nos relegando a morrer à míngua como já fizeram com mais de seiscentos colegas? Deixando-nos na maior desesperada miserabilidade?  
Selene Medeiros, 24-01-2012

Em frente ao Aerus, 15-04-2010, foto: Dayse Mattos
Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-