domingo, 9 de setembro de 2018

[Versos de través] Sobre o crime cometido

Paizote Marques


Sobre este crime cometido
tenho que me manifestar!
Sinto-me também agredido,
e preciso contestar!

O assassino é um psicopata,
que não sabe, o bem definir!
E quando na loucura mata,
Os sadios têm de se unir.

Quem defende ou acusa,
qualquer lado sem pensar
por seu lado também usa
... para crime defensar.

Não foi direita ou esquerda,
isto é a maior baboseira.
Quando da razão ocorre perda,
explicar é outra asneira.

Se ficarmos contra, ou a favor,
culpando pretensa ideologia,
do mal fazemos tambor,
para nossa filosofia.

Os cidadãos de bem,
nos quais eu me incluo,
e que lógica ainda têm,
não veem nisto um conluio.

Que siga o que tem de ser
e ganhe quem for o melhor,
lucidez não posso perder
e para PAZ... peço penhor.
Esta eleição, ganha ou perdida,
nada resolve... sei, sou sucinto!
Mais feridas são urdidas...
afirmo, e sei que não minto!
Título e Texto: Paizote Marques, 8-9-2018

Anteriores:

2 comentários:

  1. Adianto, antes que de na vista
    Reconheço , pois é um fato!
    Ecologista,pacifista...
    Invariavelmente é um chato!

    Paizote

    ResponderExcluir
  2. Prezado Senhor Paizote
    Sou da opinião de que podemos perder tudo na vida (até eleição) mas não podemos perder a saúde. Jamais!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-