sábado, 26 de outubro de 2019

Sobre a entrevista de André Ventura à Antena 1

João Welsh

Tenho de admitir a minha pouca ou nenhuma informação, até à data, sobre o Chega e o André Ventura.


Talvez por, finalmente, identificar-me com o programa de um partido político português, a Iniciativa Liberal, em quem votei, pela primeira vez, com convicção, não dei atenção às polêmicas sobre o Chega e o André Ventura, catalogados de radicais de extrema direita.

Hoje, resolvi ouvir esta entrevista do André Ventura na expectativa de um conjunto de barbaridades radicais populistas de extrema direita. Mas o que ouvi foi um político inteligente, com ideias claras, pragmático e sem quaisquer tiques de radicalismo ou propostas de extrema direita.

Bem pelo contrário, personalista, liberal em termos econômicos e até nos costumes. Sim, contra a imposição ditatorial e totalitária de ideologias de gênero e de costumes para todos.

Tenho de admitir que gostei muito da entrevista e de ouvir o André Ventura. Se a linha for a desta entrevista (admito que ainda tenha de conhecer melhor as suas propostas - vou ler o programa do partido) é um político que vai ser muito benéfico para mexer com um sistema político doente e corrupto como é o nosso.

Vou passar a dar mais atenção a este político. Dos poucos, para além dos líderes da IL, com capacidade de denunciar os verdadeiros populistas, radicais extremistas: O PCP; o BE; o Livre e o PAN.
Texto: João Welsh, Facebook, 26-10-2019


Vídeo: CHEGA - Partido Político, 24-10-2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-