quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Bandidos armados com fuzis fazem arrastão em túnel no Centro do Rio; vídeo

EXTRA

Criminosos armados com fuzis e pistolas fecharam o Túnel Marcello Alencar, na Zona Portuária do Rio, na noite da última quinta-feira, por volta das 19h, durante um arrastão. Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que um veículo para bruscamente na pista central e dele descem quatro bandidos armados, que começam a correr pelo túnel ameaçando motoristas. 

Apesar de a concessionária Porto Novo, que administra a via, ter afirmado que não houve vítimas, a Polícia Civil informou que pelo menos duas vítimas fizeram registros em delegacia: uma registrou a ocorrência na 17ª DP (São Cristóvão) e outra na 41ª DP (Tanque). De acordo com a polícia, as vítimas — que não tiveram seus nomes revelados — relataram que tiveram pertences subtraídos.

As imagens estão sendo analisadas pela 4ª DP (Praça da República). "Investigações estão em andamento para identificar os autores de roubo ocorrido no Túnel Prefeito Marcello Alencar", diz a Polícia Civil, em nota.


A ação dos criminosos aconteceu na galeria que liga o Aeroporto Santos Dumont e a Rodoviária Novo Rio. O trecho ficou fechado por alguns minutos, de acordo com a concessionária Porto Novo. Segundo a empresa, a ocorrência foi identificada pelas câmeras de monitoramento do Centro de Controle, “que acionou imediatamente as forças de seguranças, além de apoiar com as equipes posicionadas nos emboques para garantir a segurança dos usuários”.

A concessionária afirma ainda que a Polícia Militar foi acionada, mas não chegou a tempo de capturar os bandidios. Procurada, a Polícia Militar informou que o 5º BPM (Praça da Harmonia) informou que enviou viaturas imediatamente após ser acionado. "No entanto, os policiais, após percorrer toda a extensão do túnel, não constaram a ocorrência nem localizaram vítimas", diz a PM, em nota.
Título e Texto: Jornal EXTRA, 6-9-2016 
Vídeo: JORNAL O DIA

Um comentário:

  1. Esses bandidos fariam algo muito mais lucrativo se assaltassem os quatro caminhões de mudança de Dilma Rousseff, e ainda teriam 100 anos de perdão.

    João Sebastião Ribeiro

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-