segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Esgoto do Rio de Janeiro

Alberto José

Emissário submarino de Ipanema

Da janela do avião sobrevoando o mar, quase sobre as Ilhas Cagarras, pode-se ver a mancha que é o Emissário Submarino de Ipanema (seta) lançando todo o esgoto de parte da cidade e da Zona Sul a cerca de 4.400 metros das praias de Ipanema e Leblon.

Quando o vento muda, a matéria marrom, flutuante, é levada para as praias e o governo diz que "são algas em decomposição”... em decomposição está a cabeça deles!

Em 1840, o povo jogava pela janela o que tinha na privada; depois, passaram a jogar em valas na via pública; a seguir, passaram a usar escravos para jogar a sujeira orgânica na beira da praia. Como os grandes jarros (cheios de políticos) vazavam sobre a cabeça e o corpo dos escravos deixando estrias marrons, eles foram ironicamente apelidados de "tigres"!!!

De 1857 até 1947, foi contratada uma empresa inglesa - City - para cuidar desse esgoto. Em 1975, foi inaugurado o atual sistema. 
Título, Imagem e Texto: Alberto José, 4-9-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-