domingo, 1 de dezembro de 2019

[As danações de Carina] Algumas “Kuriozidades” às vezes fazem bem - Parte três

Rasputin, Bocage e Sem eira nem Beira

Carina Bratt

PERGUNTA:
Quem foi Rasputin?

RESPOSTA:
Grigory Rasputin era um monge siberiano. Algumas pessoas acreditavam que tinha poder místico, por intermédio do que conseguiu se introduzir na corte do czar Nicolau II.

O convite partiu da czariana Alexandra, que lhe pediu que curasse o filho hemofílico. A partir daí, Rasputin passou a ser uma eminência parda do regime czarista. Sua influência foi tanta e tamanha, que Nicolau II não tomava decisões sem antes consultá-lo, o que se estendeu até para alguns ministros que passou a ser ele quem nomeava.

No inverno de 1916, Rasputin foi morto pelo príncipe Yussupov, membro de uma família da alta nobreza russa. A ideia dos conspiradores, não outra, senão a de afastar a influência negativa dele na corte para salvar a imagem do czar.

Conclusão: Rasputin antes foi envenenado e depois morto a tiros em 30 de dezembro de 1916, no Palácio Moika em São Petersburgo, na Rússia. Numa das suas previsões, o monge disse que após a sua passagem, desta para melhor, a monarquia iria por água abaixo.  Dito e feito. Menos de um ano depois do deu assassinato, a profecia, de fato, se cumpriu, na íntegra, com a queda de Nicolau II.

Grigory deixou viúva a linda e doce Praskovia Dubrovina, com quem esteve casado muitos e muitos anos de sua vida.


PERGUNTA:
Por que Bocage é lembrado por suas piadas picantes?

RESPOSTA:
Manuel Maria Barbosa du Bocage foi um poeta árcade português precursor do romantismo.

Nasceu em Setúbal, no dia 15 de setembro de 1765 e morreu em Lisboa em 1805. Sujeito com espírito aventureiro, boêmio, antimonarquista e anticatólico, se viu dominado pela vocação de ser poeta vez que vivia atrelado ao paralelismo da sua vida com a de Camões.

Estátua de Bocage, Setúbal, Portugal
Irreverente até dizer chega, talvez seja o adjetivo que melhor defina sua vida e, trilho igual, a sua obra.

Bocage explorou tematicamente o sentimento da própria individualidade e o horror do aniquilamento pela morte. Como repentista poeta satírico, erótico e pornográfico se notabilizou de verve brilhante, o que ligou seu nome a episódios que encheram mundo afora, seu anedotário popular.

Por outro lado, cultivou sonetos à maneira camoniana. Foi autor de versos de celebrada harmonia e também de lugares-comuns rimados. Entre as obras que publicou em vida, podem ser citadas “Rimas e Poesias”.

Uma de suas tiradas inesquecíveis: “Triste quem ama, cego quem se fia”. De “Frases famosas” do escritor Aparício Fernandes, no livro “Os famosos disseram isso” Rio de Janeiro, Sadau Editora – Petrópolis 2009.


PERGUNTA:
O que significa a expressão “Sem eira nem beira?”. 

RESPOSTA:
A expressão “sem eira nem beira” é bastante popular aqui no Brasil. É utilizada comumente para designar pessoas que perdem o rumo da própria vida e ficam sem bens materiais. Em face disso, são consideradas criaturas que não possuem um passado certo. Tampouco perspectivas alguma para o futuro.

A origem da expressão está ligada diretamente a terra. Mesmo norte, “eira” significa um terreno de terra batida ou cimento, ou lugar onde os grãos são simplesmente deixados ao ar livre. A palavra “beira” quer dizer margem que limita a eira. Portanto, quando uma Eira não tem Beira, qualquer vento que bater no local poderá levar os grãos ao deus-dará. Dessa forma, o proprietário acaba ficando sem nada e passa a ser considerada uma pessoa falida. Grosso modo, sem eira nem beira.
Título e Texto: Carina Bratt, de Vila Velha no Espírito Santo. 1-12-2019

Anteriores:

Um comentário:

  1. Bom pelo que ja ouvir falar rasputim foi o tal cara que se negava a morrer foram muitas tentativas de tiraremlhe a vida mas muitas das veses sem êxito baleado esfaqueado e outros tipos de metodos se não me engano ate por envenenamento um ser que praticamente desafiava a morte oje muitos morrem so de pensar na morte pensando que ela vem de capuz e com uma foice na mão engano total ela pode se como uma espécie de sono calmaria escuridão ate as vezes um verdadeiro descanso so depende da forma que ela ira te recepcionar pode ser bela mas tanbem terrivel aus olhos humanos quem ja passou por experiência com ela sabe do que falo bom a morte tem varias façes todos nós somos uma fasçe dela porquê todos os dias somos entregues a morte ...sobre a palavra sem eira ou sem beira para mim soa como não ter nada na verdade e não se preulcupar com o dia seguinte não tem nada a perder não da ligança para nada tanto faz como fez oje o principal objetivo da sociedade se e que posso falar da sociedade kkk ironia que sociedade temos muitos sociopatas muitos querem nos encorralar nos jogando nas sarjetas mas esqueci que muitos ja vieram de la vivemos com muito e com pouco sabemos caminhar por becos e vielas solta um pleiboizinho não vou longe aqui no bairro não da 2 passo porque a sociedade e muito nogenta ei eu voçe nos somos a tal sociedade vivemos um dia de cada ves comemos sem escolha bebemos água se medimos o ph estamos mortos por cloriformes fecais da borguezia das metrópoles insanas que destroi nossas vidas pouco a pouco uma hora vamos dar um basta más infelizmente atela meus bisnetos ja não existem mais nos plantamos tamareiras so se ve fruto com 50 anos se tiver alguem para cuidar rezumindo não podemos nada merda nenhuma ja fasemos parte desta ingrenagem chamada corrupção querendo ou nao fasemos parte estamos voutando para o velho oeste vive quem atira melhor más quem atira melhor uma ora as balas acabam e nos vamos más uma ves abaixa as costas para alguns políticos como sempre ....descup a Altora da materia porque oque falei não vem au caso da postagem e so indignação de um cidadão que cansou de funssiar o chão ass.Erivaldo Alves

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-