terça-feira, 30 de junho de 2020

Mais uma vitória para o Brasil! Decotelli pede demissão do Ministério da Educação


Em quarenta anos de Brasil, nunca li, nunca soube de um ministro, que tivesse empolado o seu currículo, se visse obrigado a pedir demissão do cargo (neste caso, antes de assumir de fato). Foi uma vitória para o Brasil, que se quer ético, moral e de bons costumes.

Nesses quarenta anos, centenas, quiçá, milhares de ministros, passaram pelo Governo Federal. Não acredito que os currículos de todos eles retratassem a verdade.

Houve tempos em que até uma ‘presidenta’ foi apontada como enroladora do seu currículo. Uma noticiazinha aqui, outra ali, (ainda existem jornalistas), nada além disso. A ‘presidenta’ foi destronada, mas não foi por embófia curricular.

Com Jair Messias Bolsonaro na presidência da República Federativa do Brasil, não basta ser honesto, tem que parecer. No mínimo, no que concerne o histórico curricular.

Ótimo! O Brasil tem jeito!

Um comentário:

  1. A anta da Bulgária tinha diploma de economia.
    Alexandre de Morales também mentiu no currículo.
    http://www.justificando.com/2017/02/16/em-curriculo-enviado-ao-senado-moraes-apresenta-pos-doutorado-inexistente/

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-