quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Manuela d’Ávila, a candidata que guarda livros

Candidata do PCdoB à prefeitura de Porto Alegre, ela tem dois mil exemplares de seu novo livro armazenados em casa 

Artur Piva 

Uma poupança no Banco do Brasil no valor de R$ 170 mil, um veículo Sportage de quase R$ 100 mil, outra conta com pouco mais de R$ 30 mil e cerca de dois mil exemplares do livro E Se Fosse Você? Sobrevivendo às Redes de Ódio e Fake News, lançado há poucos meses por Manuela d’Ávila. Somadas, as publicações valem R$ 69.800. Basicamente, esses foram os bens declarados à Justiça Eleitoral por Manuela d’Ávila [foto], candidata do PCdoB à prefeitura de Porto Alegre. Adicionados todos os itens, o total não chega a R$ 500 mil. 

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Abstraídos detalhes como o carro de luxo em nome da comunista ou o valor guardado no banco, o que chama mais atenção é a quantidade de exemplares de seu livro encalhados dentro de casa. O fracasso de vendas talvez seja explicado pelo autor do prefácio. Ninguém menos que o youtuber Felipe Neto. 

Título e Texto: Artur Piva, revista Oeste, 1-10-2020, 8h45

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-