quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Ser de esquerda é mais motivo de vergonha que de orgulho

Rodrigo Constantino destaca nessa coluna como o discurso da esquerda tenta se apropriar do termo liberal. Um liberalismo bem esquisito que apoia o Partido Comunista Chinês. Enaltecem FHC e Obama como ícones do liberalismo e são simpáticos ao plebiscito no Chile e o governo argentino que vem destruindo a economia do país vizinho.

Rodrigo Constantino, 28-10-2020, 8h44

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-