quinta-feira, 22 de setembro de 2016

[Comer e beber fora] Dicas para Porto Alegre

Vanderlei dos Santos Rocha

O melhor restaurante japonês que fui foi o Suntory ou Shintory, em São Paulo. Uma verdadeira xtravagância. Na época, cerca de um salário mínimo por casal. Valeu o gasto. Infelizmente, fechou as portas em dezembro passado.

Todos fazem ideias de que gaúchos adoram rodízios, sou exceção, detesto-os.

Adquiri um nojo tremendo de galinha, por causa das caixas de lanches que entravam nos voos nacionais, que fediam a galinha, apesar de haver dentro um único peito de frango.

Quem já entrou numa churrascaria rodízio, vê aqueles frangos nojentos sendo assados junto com salsichões, costelas e carnes nobres. Tudo vem fedendo a frango. Picanha com sabor e cheiro de frango.

Não como hamburger, onde fazem frango ou coração de frango na mesma chapa. Frango fede cru cozido ou frito.

Então, minhas dicas para Porto Alegre:
O melhor filé ao alho e óleo da cidade está no restaurante Figueiras, na Estrada do Forte, esquina Assis Brasil, custa 35 reais. O problema é o chopp, três deles custam 30 reais. Pedindo umas fritas e salada dá tranquilo para duas pessoas. Por 12 reais você come um excelente Baurú de filé.


Aos mais abastados recomento o restaurante português, dirigido por portugueses, CALAMARES; TUDO PERFEITO. A minha sugestão: feijoada de frutos do mar.
Texto: Vanderlei dos Santos Rocha, 22-9-2016

Anterior:
[Comer e beber fora] Ou dentro, você escolhe

Um comentário:

  1. O comentário de Rochinha, sobre o Bauru de Filé, me fez lembrar um lanche que eu gostava muito, era um "Prego com um Sumol de laranja" em Lisboa!
    Abs
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-