sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Em vídeo de 1989, Lula defende que se ponha na cadeia os autores de roubos bilionários

Implicante
Vinte e sete anos depois, Lula viraria réu por duas vezes, numa delas por corrupção e lavagem de dinheiro


O vídeo abaixo encontra-se no YouTube desde o início da década, mas foi registrado na campanha de 1989, quando o candidato Lula visitou o programa Silvio Santos para responder perguntas do público e dos jurados do Show de Calouros.

Uma das primeiras questões envolvia corrupção. Foi quando o petista se deu a defender que os autores do chamado “crime do colarinho branco” recebessem punições ainda mais severas do que os bandidos por trás de crimes menores.

“Porque, se o trabalhador rouba um pãozinho, ele vai preso e apanha. O cidadão dá um desfalque de 400 bilhões e tá em Paris gozando da nossa cara. Esse cidadão tem que ser preso, esse cidadão tem que pagar pelo desfalque que ele deu na bolsa de valores.Porque esse é o grande ladrão. O pequeno, nós sabemos, às vezes rouba pra comer. Mas o grande rouba ‘de sem vergonha’ e esse nós precisamos colocar na cadeia.


Vinte e sete anos depois, Lula viraria réu por duas vezes, numa delas por corrupção e lavagem de dinheiro.
Título, Imagem e Texto: Implicante, 23-9-2016

Um comentário:

  1. Mas é um FDP, cara de pau! Enfim, agora está chegando a vez dele ir para cadeia!

    Heitor Volkart

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-