segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Operação da PF mira 4 maiores fundos de pensão do Brasil e bloqueia R$ 8 bi

A Polícia federal deflagrou na manhã desta segunda (5) a Operação Greenfield, que investiga supostos desvios nos quatro maiores fundos de pensão do Brasil.

Yahoo Notícias

Foto: Rovena Rosa
Os alvos são Funcef, Petros, Previ e Postalis. A sede da Eldorado Brasil – empresa do grupo J&F, de Joesley Batista e controladora da JBS – em São Paulo também é alvo.

Segundo a investigação, a ação é baseada em análise de déficits bilionários dos fundos de pensão. Ainda de acordo com a PF, em 8 de 10 casos analisados foram realizados investimentos de forma temerária ou fraudulenta pelos fundos de pensão, por meio dos FIPs (Fundos de Investimentos em Participações).

“Durante as investigações, alguns núcleos criminosos restaram configurados: o núcleo empresarial, o núcleo dirigente de fundos de pensão, o núcleo de empresas avaliadoras de ativos e o núcleo de gestores e administradores dos FIPs”, informou ao PF.

A Justiça bloqueou bens e ativos de pessoas físicas e jurídicas investigadas no valor de aproximadamente R$ 8 bilhões. Os investigados podem responder por gestão temerária ou fraudulenta, além de outros crimes contra o sistema financeiro.

O nome da operação, Greenfield, remete a investimentos que envolvem projetos incipientes, ainda no papel, como se diz no jargão dos negócios. 
Título e Texto: Yahoo Notícias, 5 de setembro de 2016

3 comentários:

  1. Se verificarem minhas respostas antigas, verão que eu já havia escrito que o "PETROLÃO" é fichinha perto do roubo dos fundos de pensões.
    Eu já havia feito um tópico no antigo ORKUT, em 2006 sobre as 21 negociações do AERUS, e das seguidas medidas provisórias que o retirante nordestino destinou bilhões aos fundos de pensão PETROS e PREVI. A nossa VARIG já participava da corrupção nos correios desde tempos do Electra , cansei de fazer voos do correio vazios de São Paulo para Manaus, e na volta trazendo televisores da zona franca. O governo do retirante obrigou os fundos de pensões estatais a comprar títulos da dívida pública da Venezuela. A pergunta que fica é o que fez a SPC e a PREVIC nesses assuntos.
    NADA para eles é muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda tem muita gente defendendo a "legitimidade" dessa máfia que se apoderou do Brasil nos últimos anos...

      Excluir
    2. Então! Rochinha pertinente comentário, e lhe digo, sei que sabes, por SPC e Previc não terem feito nada, e serem Avalistas de nosso Fundo, hoje deixando este Legado de Milhões Anuais aos futuros Governos. Mais uma do Sapo Ladrão! Ou seja do PT.
      Abs,
      Heitor Volkart

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-