quarta-feira, 3 de junho de 2020

Contos moucos dos loucos (XL) – Chuva

Antes de sair olhou pela janela. Estava chovendo. Pegou o guarda-chuva e saiu.

Morava no 18º andar do Edifício Moretto, no Condomínio Novo Leblon, na Barra da Tijuca, quase fronteira com o Recreio dos Bandeirantes.

Descendo pelo elevador pensava na sua namorada, Roberta Saviano, uma aeromoça italiana que conhecera na praia de Ipanema, em frente ao Country.

O ônibus do condomínio, para a Estação de Botafogo, das 9h20, já estava no ponto em frente. Caminhou até ele.

Não abriu o guarda-chuva, porque, entretanto, parara de chover.

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-