sexta-feira, 26 de setembro de 2014

O castigo dado aos aposentados respingou também no próprio PSDB

Almir Papalardo

Faltam apenas dez dias para o PSDB amargar, possivelmente, mais uma derrota que está se delineando conforme têm mostrado as pesquisas de intenção de votos. Tomara que estejam todas elas erradas, porque, os aposentados e principalmente o Brasil, precisam ainda da força perdida do PSDB.

E isto poderia ter sido evitado se Fernando Henrique Cardoso se empenhasse mais pelo partido, do qual ele é sem dúvida a principal figura. Estou me referindo, baseado apenas num sábio provérbio popular que diz: "Criou fama, deita-se na cama". A gestão de FHC foi reconhecidamente muito profícua para o Brasil, estancando uma "inflação galopante" que infernizava cada vez mais a vida dos cidadãos brasileiros. Pôs, enfim, "Ordem na Casa", podendo ser reconhecido pelo Brasil como uma boa gestão, principalmente a do primeiro mandato.

Mas no segundo mandato deixou um nódulo germinativo, amargo e destrutivo, que vem prejudicando, além dos aposentados, também o próprio PSDB, ante o seu ufanismo de achar que cumprindo bem o seu papel de presidente, não precisaria fazer mais nada, a não ser, "colher os louros da vitória"! Mas como, se a categoria dos sofridos aposentados do RGPS o repudiam e o recriminam? E, acreditem ou não, estão dificultando a vitória do PSDB na contagem final dos votos nas eleições!

Não é bem assim não, senhor Fernando Henrique Cardoso. Foram doze anos de ostracismo trazidos para o PSDB, com o sério risco de se prolongar por mais quatro. Que enorme castigo para os tucanos! O senhor deixou um furo, na ocasião pequeno, mas que hoje, apresenta um rombo descomunal na vida dos humildes trabalhadores aposentados, tirando-lhes o direito de ter uma cidadania digna pelos seus trinta e cinco anos de labuta em benefício do crescimento do Brasil. Fez muito mal para os aposentados, mas respingou também como castigo para o seu próprio partido, porque a praga rogada pelos velhinhos aposentados, que foram esfaqueados no peito, pegou.

São mais de 9,5 milhões de aposentados do RGPS-Setor Urbano que estão desesperados, ao assistirem de mãos atadas que tudo o que construíram na vida ativa está sendo derrubado por um trator desgovernado, impulsionado com a criação de dois percentuais diferentes na atualização das aposentadorias, onde os aposentados marcados para terem o menor índice, são tremendamente prejudicados, porque suas contribuições para o INSS sempre foram maiores, recebendo em contra partida, agora, aumentos menores! E não satisfeito com esse infeliz equívoco, implementou o Fator Previdenciário, que para acelerar as continuadas perdas anuais, tiram do trabalhador no ato da aposentadoria, até 40% do que legalmente deveria receber.

FHC cortou-nos somente 22,39%, sendo a meu ver, o seu maior pecado, ter passado para o Pinóquio Lula, tal sistema errôneo, sendo por ele muito bem explorado, defasando-nos mais 42,75%, além de vetar um reajuste de 16,67% dado pelo Congresso, que foi tachado pelo Lula de irresponsáveis pela aprovação daquele justo reajuste. Ah! E vetou também o Fim do Fator Previdenciário. E a presidente Dilma que em apenas quatro anos de governo, em dois anos não nos concedeu nem mesmo o percentual da inflação? Fomos castigados sim, mas respingou também como punição para o PSDB, que perdeu a hierarquia, obrigado a bater continência para o PT. Tudo isto originado pela atuação infeliz, talvez não sendo nem percebida pelo ex-presidente, quando criou políticas perversas contra os velhos e indefesos aposentados.

Acredito que tanto Geraldo Alckmin, como José Serra e agora Aécio Neves, se alavancassem a defesa dos aposentados, o que não o fizeram talvez para não melindrar FHC, que foi o legítimo criador das políticas anti-aposentados, o PSDB já teria reconquistado a supremacia de dirigir o nosso Brasil! Meditem... Cobrem do ex-presidente a falta de um apoio arrojado, corajoso, altivo, porque se ele ajudasse seus correligionários nas campanhas, prometendo a correção de tamanha injustiça feita equivocadamente contra os aposentados, certamente devolveria a soberania anteriormente desfrutada pelo PSDB.
Perdoem-me pelo desesperado desabafo. 
Título e Texto: Almir Papalardo, 26-9-2014

Um comentário:

  1. Prezado Almir, isto não é um desabafo, mas sim a expressão da verdade em mais um belo texto, como você sempre o faz.
    FHC não fez só isso, com os aposentados, ele acabou com a aposentadoria especial dos aeronautas, sabe por quê ?
    Ele provavelmente nunca passou 24 horas com a mesma roupa no corpo, ele não fumou passivamente durante décadas, ele não sofreu as compressão e descompressão também por décadas, el não viveu 30, 40 anos com a sua vida em duas malas, ele não deixou de acompanhar o crescimento dos seus filhos e a sua mulher ou o seu marido esperando dias a fio.
    Isso para ele foi como aquele ditado. Pimenta no dos outros...........é refresco.
    Infelizmente para nós e para o país que precisa com urgência se livrar dessa quadrilha, ele vai colher os frutos do que fez, pois aqui se faz aqui se paga.
    Quanto ao seu filhote, é outro que tal, pois já lhe foi pedido que diga pelo menos alguma coisa sobre o caso dos aposentados, mas o seu mutismo idiota é hereditário.
    Portanto meu amigo, você sabe muito bem o que nos resta por mais quatro anos, ou até que as FFAA acordem de vez, e talvez quando o fizerem já será tarde demais.
    Um abraço e parabéns mais uma vez pela sua luta
    José manuel

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-