terça-feira, 30 de setembro de 2014

Thomaz Raposo em resposta à malta petista: "trabalho com respeito e dedicação a todos"

A APRUS é uma associação que sempre poderá vir a errar em algum trabalho, pois só se expõe ao erro quem se apresenta em trabalho, mas peço a reflexão para o escrito abaixo que transmite os erros de interpretação comentados.

Este foi o questionamento, o qual lamento, de Graziella e seu advogado. Veja abaixo a íntegra do comentário feito e o despacho final do Desembargador Daniel Paes.

"Hoje pela manhã recebemos um e-mail com uma mensagem do Presidente da APRUS. Verificamos junto ao site da Aprus e a mensagem também está disponível no site da Associação.
Nessa mensagem há uma informação absurda em relação à decisão da antecipação de tutela. Afirma a mensagem que a decisão somente beneficia os aposentados e pensionistas da Varig e Transbrasil, o que é um verdadeiro absurdo.
Mensagem postada no Blog Castagna Maia

“Ante o exposto, com amparo no § 7º do art. 273, combinado com o art. 461, § 3º, do Código de Processo Civil, defiro o pedido de antecipação dos efeitos da tutela recursal, nos termos em que formulado anteriormente (fl. 1.144 – 5º vol.), vale dizer, para que a União e o Instituto Aerus de Seguridade Social “mantenham os pagamentos de complementação de aposentadorias, pensões e auxílios-doença na exata forma como ocorriam às vésperas da liquidação dos denominados Planos Varig e Transbrasil, a partir de aportes mensais da União ao Aerus nos valores necessários”. Estabeleço o prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data da intimação, para o cumprimento desta decisão, findo o qual, sem cumprimento, incidirá multa diária, que fixo em R$ 100.000,00 (cem mil reais).”
Fecho da sentença do Desembargador Daniel Paes 

Pergunto: qual a diferença?
Informo que a diferença entre o que escrevo e o que a senhora Graziella fala é que ela se engana que os participantes estarão contemplados, isto é, os ativos estarão neste contexto, quando o desembargador não descreve isto como um fato. 

Em minha mensagem agradeço até a ação civil pública que possibilita o acordo proposto. Não entendo a raiva transmitida quanto aos meus trabalhos, que são feitos com respeito e dedicação a todos, inclusive àqueles que, por motivos desconhecidos por mim, não compactuam com o objetivo da APRUS, que é de todos. 
Texto: Thomaz Raposo, APRUS, 30-9-2014

Relacionados:

5 comentários:

  1. O informe do Thomaz é claro e cristalino
    O que está havendo ? os que não conseguem enxergar nem o óbvio, devem pedir para serem assistidos emocionalmente por pessoas normais.
    José Manuel

    ResponderExcluir
  2. Imaginar que o modus operandi de petistas daqui seja diferente do de petistas de lá é ingenuidade ou coisa muito feia.

    ResponderExcluir
  3. Devia-se informar à "elles" que antes de expor esses argumentos (para que os mesmos não sejam considerados inapropriados, inconvenientes e sem efeito), que devem pedir "vistas" ao que já foi publicado como sentença, afim de evitar essa embaraçosa situação. Que tal um pedido de desculpas formal, via esse blogue para o Thomaz Raposo e à Aprus? Jonathas Filho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, caro Jonathas! Pedir desculpas?! Jamais! Pelo contrário, seus militantes continuarão atacando a pessoa.
      Entende porque me exaspero quando recebo apelos à União – em torno não, atrás deles?!...
      Abraços./-

      Excluir
  4. thomaz raposo APRUS1 de outubro de 2014 11:20

    vezes fico espantado com certas ignorâncias, é preciso conhecer um mínimo de administração para entender que quando escrevo pela associação como executivo que sou, menciono associação e não me escondo atrás dela.
    Não adianta eu escrever como pessoa física pois sempre vão entender minhas colocações como a APRUS enquanto eu lá estiver, não imagino qualquer desculpa pois como comentei só erra quem trabalha e no caso lamento o erro no Blog do saudoso Dr. MAIA e pela primeira vez mencionado pela Sra. Graziella creio já ter demonstrado paciência, compreensão e isto se deve ao fato de não ser o que ela apregoou ou seja incompetente ou sem conhecimento sobre a matéria que busco as soluções mais viáveis afinal muito estudei em minha vida profissional e não crio ilusões para os menos protegidos.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-