terça-feira, 23 de setembro de 2014

Governo não quer privatizar a TAP perto das eleições

Cátia Simões

O secretário de Estado dos Transportes afirmou hoje não saber se será tomada uma decisão sobre a privatização da TAP até ao final deste mês. Questionado pelos jornalistas à margem da assinatura dos contratos de empreitada para a construção do Túnel do Marão Sérgio Monteiro frisou que "não há um calendário a que estejamos vinculados ou obrigados por isso não consigo dizer se estamos ou não em condições de tomar uma decisão sobre a privatização da TAP até ao final do mês".

O que é certo é que será antes das próximas eleições. "Não queremos tomar uma decisão muito próximo do processo eleitoral", frisou Sérgio Monteiro.Não queremos tomar uma decisão muito próximo do processo eleitoral".

Na corrida à TAP está um consórcio liderado por Pais do Amaral, a companhia aérea Azul, o empresário Germán Efromovich e ainda a Air Europa, que ontem formalizou o seu interesse.

Sérgio Monteiro admitiu ainda que a privatização deverá incluir a manutenção no Brasil, que é deficitária. "Não faz sentido privatizar o que dá lucro e o Estado ficar com o que é deficitário".
Título, Imagem e Texto: Cátia Simões, Diário Económico, 23-9-2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-