quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Florianópolis, Viracopos e Brasília são os melhores aeroportos do país

Avaliação foi feita pelos passageiros durante último trimestre de 2019

Luciano Nascimento

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Os aeroportos de Florianópolis, Viracopos e Brasília foram avaliados pelos passageiros como os melhores terminais do país no 4º trimestre de 2019, nas suas respectivas categorias, segundo levantamento sobre a infraestrutura aeroportuária, divulgado hoje (6) pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do Ministério da Infraestrutura. A pesquisa analisa a satisfação dos passageiros nos 20 maiores terminais do país, responsáveis por 87% do total de passageiros transportados no Brasil.

O levantamento mostra que os 20 aeroportos tiveram 94% de aprovação, entre outubro e dezembro de 2019, quando a pesquisa foi realizada. No total, foram feitas 24.948 entrevistas com viajantes domésticos e internacionais. A pesquisa indica ainda que, na comparação com o 4º trimestre de 2018, o índice de satisfação geral passou de 4,39 para 4,49. Pela escala, a nota 1 significa "muito ruim" e 5 "muito bom”.

Segundo o Ministério da Infraestrutura, essa foi a maior nota média já registrada na série histórica da pesquisa, iniciada em 2013. A pesquisa avalia a experiência dos passageiros de voos domésticos e internacionais em diversos itens de infraestrutura aeroportuária, atendimento e serviços.

O levantamento também avalia o desempenho de diferentes processos como check-in, inspeção de segurança e restituição de bagagens e serve como um referencial para a administração dos aeroportos.

Entre os 38 indicadores avaliados, o que trata da “cordialidade e prestatividade dos funcionários do check-in”, foi o que obteve maior nota média ficando com 4,72 na média geral dos 20 aeroportos. Já o indicador que avalia o “custo-benefício dos produtos de lanchonetes/restaurantes” registrou a menor nota (3,00).

Aeroporto de Brasília, foto: Wilson Dias/Agência Brasil

"Todos os cinco grupos de indicadores tiveram evolução na média geral, na comparação com o mesmo período do ano anterior: infraestrutura aeroportuária (+1,6%), facilidades ao passageiro (+2,1%), órgãos públicos (+0,2%), companhias aéreas (+0,6%) e transporte público (+1,6%). No agrupamento infraestrutura aeroportuária, 15 dos 16 itens avaliados obtiveram notas acima de 4 (“bom”) e 12 indicadores tiveram suas maiores médias históricas nesse trimestre", informou o ministério.

Inaugurado em setembro do ano passado, o novo Aeroporto de Florianópolis teve a maior evolução percentual (22,5%), na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Com isso, o terminal saltou da última colocação (nota 3,90) em 2018 para a melhor nota média na categoria até 5 milhões de passageiros ano: 4,78.

O Aeroporto de Viracopos, em Campinas, foi o melhor avaliado na categoria de 5 a 15 milhões de passageiros ano, com nota 4,80. Já o Aeroporto de Brasília teve a melhor avaliação na categoria acima de 15 milhões de passageiros ano (4,50).

RESULTADOS DA “PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO PASSAGEIRO E DESEMPENHO OPERACIONAL DO AEROPORTOS” – 4º TRIMESTRE 2019

RANKING DE SATISFAÇÃO GERAL POR CATEGORIA DE AEROPORTO 
Até 5 milhões de passageiros/ano
1) Florianópolis – 4,78
2) Vitória – 4,64
3) Maceió – 4,58
4) Goiânia – 4,54
5) Manaus – 4,49
6) Natal – 4,39
7) Cuiabá – 4,29
8) Belém – 4,26

De 5 a 15 milhões de passageiros/ano
1) Campinas – 4,80
2) Curitiba – 4,75
3) Confins – 4,57
4) Porto Alegre – 4,51
5) Fortaleza – 4,49
6) Rio-Santos Dumont – 4,40
7) Recife – 4,37
8) Salvador – 4,37

Acima de 15 milhões de passageiros/ano
1) Brasília – 4,50
2) Rio-Galeão – 4,46
3) SP-Congonhas – 4,36
4) SP-Guarulhos – 4,35

RANKING DE SATISFAÇÃO GERAL POR AEROPORTO E EVOLUÇÃO EM RELAÇÃO AO 4º TRIMESTRE DE 2018
1) Campinas – 4,80 (+0,1%)
2) Florianópolis – 4,78 (+22,5%)
3) Curitiba – 4,75 (0,0%)
4) Vitória – 4,64 (+1,3%)
5) Maceió – 4,58 (+1,6%)
6) Confins – 4,57 (-1,0%)
7) Goiânia – 4,54 (+0,1%)
8) Porto Alegre – 4,51 (+4,5%)
9) Brasília – 4,50 (+1,6%)
10) Manaus – 4,49 (-0,9%)
11) Fortaleza – 4,49 (+8,4%)
12) Rio-Galeão – 4,46 (+0,2%)
13) Rio-Santos Dumont – 4,40 (-0,2%)
14) Natal – 4,39 (+0,1%)
15) Recife – 4,37 (-1,6%)
16) Salvador – 4,37 (+4,4%)
17) SP-Congonhas – 4,36 (+0,5%)
18) SP-Guarulhos – 4,35 (0,0%)
19) Cuiabá – 4,29 (-1,0%)
20) Belém – 4,26 (+4,2%)

Título e Texto: Luciano Nascimento; Edição: Lílian Beraldo - Agência Brasil, 6-2-2020, 16h58

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-