quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

África do Sul aprova uso de ivermectina no combate à covid-19

Decisão judicial foi veio em acordo com a agência de Saúde do país

Artur Piva

Na terça-feira 2, AfriForum, organização de direitos civis sul-africana, conseguiu uma ordem judicial que permite o uso da ivermectina no tratamento contra a covid-19. A decisão foi em acordo com a Autoridade Reguladora de Produtos de Saúde da África do Sul (na sigla em inglês Sahpra) — até então, a utilização do medicamento necessitava ser autorizada para cada paciente depois de uma análise individual feita pela entidade de regulação.

“Agora é uma ordem do tribunal que um médico pode começar a tratar um paciente com ivermectina sem ter que esperar pela aprovação”, declarou Barend Uys, chefe de pesquisa da AfriForum. “O acesso rápido ao tratamento médico é um avanço para a liberdade de saúde e nossa batalha contra o COVID-19, já que o obstáculo da pré-autorização não é mais um problema”.

Uys disse ainda que a instituição quer o reconhecimento de outras autoridades para garantir acesso ao tratamento. “AfriForum quer o reconhecimento de outros atores, como o ACDP e o SAHARI”, afirma. “Continuaremos com essas e outras entidades civis para garantir que a ivermectina possa ser utilizada de forma otimizada para curar pessoas e salvar vidas ”, conclui.

Título e Texto: Artur Piva, revista Oeste, 4-2-2021, 13h35

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-