quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Presidente Bolsonaro libera R$ 2,8 bilhões para a Saúde

Montante deve ser aplicado no enfrentamento à covid-19

Artur Piva

O presidente Jair Bolsonaro liberou um crédito extraordinário de R$ 2,861 bilhões em favor do Ministério da Saúde. A medida provisória que estipula o valor foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 25. A quantia deve ser aplicada no enfrentamento à covid-19.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Parte do dinheiro está reservado para ser utilizado pela Fundação Oswaldo Cruz para financiar pesquisas, treinar profissionais que atuam na rede de vigilância em saúde, comprar testes e manter o funcionamento de 173 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um centro hospitalar.

Outro montante é destinado ao Fundo Nacional de Saúde para o custeio de outras UTIs, o transporte de oxigênio, a aquisição de testes e no pagamento de bonificação para 55 mil funcionários da área da saúde que estão atuando no atendimento à população.

Existe ainda uma parcela dos recursos destinada ao Grupo Hospitalar Conceição, rede de hospitais públicos em Porto Alegre (RS) — valores que servirão para cobrir despesas com compra de medicamentos, equipamentos de proteção individual e exames para diagnósticos.

Título e Texto: Artur Piva, revista Oeste, 25-2-2021, 10h53

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-