domingo, 28 de agosto de 2022

Despedido o treinador que criticou duramente Abel Ferreira

Jorginho viu contrato com o Atlético Goianiense rescindido

Flávio Miguel Silva

Foram 11 os dias que separaram as críticas de Jorginho [foto] a Abel Ferreira ao despedimento do Atlético Goianiense. O técnico que deu que falar por visar o técnico do Palmeiras, garantindo que o português "não descobriu o futebol", não aguentou a série de maus resultados.

Jorginho, de 58 anos, não conseguiu colocar a vencer o Atlético Goianiense nos últimos quatro encontros, deixando o cargo após a derrota no terreno do Goiás (2-1), a contar para a Brasileirão.

"Agradecemos o profissional pelo período de trabalho no clube, onde mostrou ter grande caráter, deixando um legado positivo de respeito e profissionalismo. O Atlético atravessa um momento difícil no ano, com a necessidade de achar alternativas para sair desta situação. A responsabilidade pelos maus resultados é de todos, mas o clube buscará se reerguer o quanto antes. O Atlético Goianiense tem como prioridades a disputa do Brasileirão e a semifinal da CONMEBOL Sudamericana", pode ler-se em comunicado.

Jorge Oliveira Campos, ou Jorginho no Mundo do futebol, estava desde maio à frente da equipa. Deixa o At. Goianiense no 19º lugar do campeonato brasileiro.

Título e Texto: Flávio Miguel Silva, Jornal Record, 28-8-2022, 10h10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-