sábado, 27 de agosto de 2022

Deputado Otoni de Paula leva bolo ao camelódromo para ’comemorar’ um ano de bloqueio nas redes sociais

O parlamentar teve seus perfis no Facebook, Instagram, Twitter e Youtube cancelados por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes por suposto ataque a democracia

O deputado federal e candidato à reeleição Otoni de Paula (MDB-RJ) fez um protesto bem-humorado para marcar a data de um ano de bloqueio de suas redes sociais. Em campanha no camelódromo do Centro do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (26/8), o parlamentar colocou nariz de palhaço e levou um bolo decorado com plaquinhas de “censurado”. No lugar do “parabéns pra você”, cantou a música “Liberdade, liberdade. Abra as asas sobre nós”.

O deputado teve seus perfis no Facebook, Instagram, Twitter e Youtube cancelados por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes sob acusação de “supostos ataques à democracia”. As contas foram excluídas depois de Otoni ter sido alvo de mandados de busca e apreensão da Polícia Federal, em operação contra pessoas consideradas como organizadoras nos atos de 7/9.

“A Polícia Federal esteve na minha casa não porque sou bandido, mas porque encarei a ditadura da toga. Há um ano tive todos os meus sigilos quebrados e não encontraram nada, e não vão encontrar porque não tenho rabo preso. Mas estou há um ano com redes sociais bloqueadas. Este é um protesto bem-humorado porque, se não adianta chorar, vamos rir. No final a democracia sempre valerá a pena”, discursou Otoni, que puxou o coro de “Liberdade, liberdade. Abra as asas sobre nós”.

Em crítica à recente operação do STF contra empresários, acusados de suposta conspiração golpista num grupo de WhatsApp, Otoni de Paula leu na íntegra o editorial do Jornal da Band, que foi ao ar na edição de quarta-feira (24/8).

O pai de Otoni de Paula, que é candidato a deputado estadual, finalizou o protesto com uma oração pelo Brasil, pedindo que Deus interceda pela liberdade no Brasil.

Título e Texto: Redação, Diário do Rio, 26-8-2022

Relacionados: 
Carta ao “xerife” Alexandre de Moraes, por Caio Coppolla – Boletim nº 124 (25/8/22) 
LIVE com o presidente Bolsonaro, 25 de agosto de 2022 
Eleitor não pode levar celular para a cabine de votação, decide TSE 
Enlouqueceu! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-