quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Brasil deve diminuir número de pessoas na extrema pobreza ainda em 2022, diz IPEA

A queda pode ter relação com a ampliação de benefícios sociais e integração com o mercado de trabalho

JR NA TV

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgou dados animadores nesta quarta (17). O Brasil deve diminuir o número de pessoas na extrema pobreza até o fim deste ano, ao contrário do que tem sido registrado na maior parte do mundo.

Segundo o IPEA, o percentual de brasileiros que vivem em condições críticas cairá de 5,1% para 4,1% até o fim do ano. Em 2021, 6% dos brasileiros estavam na condição de extrema pobreza. 

JR NA TV, 17-8-2022, 22h23

Um comentário:

  1. Nem sabia que o tal do IPEA existia. o que significa? Imbecis Perdidos Esperando Aumento? Pago pra ver o fim das pessoas em situação de extrema pobreza. É mais fácil um boi voar... um cachorro miar, o Lula deixar de roubar que os desvalidos e miseráveis deixarem de existir. Os carentes e necessitados se assemelham aos infelizes da Cracolândia. Eles nunca acabam. Só aumentam.
    Aparecido Raimundo de Souza
    da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-