sexta-feira, 2 de setembro de 2022

[Aparecido rasga o verbo] Pela originalidade...

Aparecido Raimundo de Souza

LOCUTOR:
— E AGORA, PELA SUA 103,9 FM, A Rádio Cor do Amor, eu, o Marcelo Cantagalo parto sem mais delongas para o momento que todos os nossos ouvintes aguardam com ansiedade. Num oferecimento das Lojas Sonho das Noivas, a mais elegante da cidade, vamos dar para os ouvintes que provaram ter casado ontem, sábado, um cheque no valor de cinco mil reais. Mas atenção: Lembrando que só levará o prêmio, o casal que acertar a pergunta que faremos, agora, no ar. A Soninha, nossa secretária está me dizendo que vinte e cinco casais se inscreveram.

(Marcelo Cantagalo continua, eufórico).

— Porém, somente três pombinhos vão poder participar, uma vez que, atendendo ao regulamento dos patrocinadores, três efetivamente mandaram as certidões de casamento para a emissora e a nossa produção esteve no cartório da cidade, aqui no Quilômetro Dezoito, conferindo, claro, a veracidade dos documentos. Portanto, amados ouvintes, vamos lá: vem aí o primeiro casal. Como ficou dito no programa de ontem, falaremos com os maridos. As esposas poderão participar, mas a pergunta será endereçada aos varões e somente eles deverão responder. O primeiro casal já está na linha. Bom dia Júnior, tudo bem?

Ouvinte:
— Graças a Deus, Marcelo, tudo na santa Paz.
Locutor:
— Um abraço para todos os ouvintes ai de Carapicuíba. Fala de que bairro, Júnior?
Ouvinte:
— Da Cohab.
Locutor:
— Ok. Um abraço para toda a galera que nos ouve e nos prestigia aí na Cohab. Júnior, preparado?
Ouvinte:
— Com certeza.
Locutor:
— E a Maria Eduarda, sua esposa?
Ouvinte:
— Aqui do meu lado torcendo para que eu acerte a resposta.

Locutor:
— Junior, o que você fará com o dinheiro, se ganhar?
Ouvinte:
— Marcelo, vamos comprar o que não ganhamos. Fogão, geladeira, pratos, essas miudezas indispensáveis.
Locutor:
— Ok Junior: vou torcer por vocês. Vamos a pergunta. Valendo cinco mil reais oferecimento das Lojas Sonhos das Noivas, dos nossos parceiros Fábio e Francisco, ali na rua Antônio Agú, centro de Osasco. Você só terá cinco segundos para responder.
Ouvinte:
— Manda bala.

Locutor:
— Qual é o país que tem duas sílabas no nome e se come a metade? Vou repetir: qual é o país que tem duas sílabas no nome e se come a metade? Cinco segundos. Boa sorte. Valendo...
(Os cinco segundos passam voando).
Locutor:
— Já sabe a resposta, Junior?
Ouvinte:
— Sim.
Locutor:
— E qual é?
Ouvinte:
— Kosovo.

Locutor:
— Resposta errada, meu amigo.
Ouvinte:
— Ko... So... Ovo... o ovo a gente não come?
Locutor:
— Junior, Kosovo tem três sílabas: KO... SO... VO. Eu quero um país com duas, duas sílabas. Obrigado pela sua participação. Um forte abraço à Maria Eduarda. E um fique com Deus igualmente para toda a galera do bairro Cohab, aí em Carapicuíba. Vamos para o segundo participante. Alô! É o Abílio?

Ouvinte:
— Ele mesmo.
Locutor:
— Qual a cidade?
Ouvinte:
— Barueri.
Locutor:
— Seja bem-vindo Abílio da vizinha cidade de Barueri. Legal, pertinho aqui da gente. Quero aproveitar e mandar um forte abraço para o meu amigo Camilo Tupinambá, vigia do cemitério municipal de Barueri. Está ligado no nosso programa. Abílio, e a Sílvia, está torcendo?
Ouvinte:
— Bastante, Marcelo. Aqui na minha beira mandando um beijo para você.
Locutor:
— Obrigado, Silvia, agradeço em meu nome e em nome do programa e de toda a produção. Abílio, preparado?

Ouvinte:
— Acho que só um pouco nervoso!
Locutor:
— Boa sorte, meu amigo. Para você e para a Silvia. Abílio, qual o país que tem duas sílabas no nome e se come a metade? — Vou repetir: qual o país que tem duas sílabas no nome e se come a metade? Tempo, cinco segundos.
(Mais cinco segundos correm contra o tempo).
Locutor:
— E aí, Abílio, temos a resposta?
Ouvinte:
— Está prontinha para ser dita.

Locutor:
— E qual é? Valendo cinco mil reais, oferecimento das Lojas Sonho das Noivas. Estou com o cheque aqui para lhe entregar. Qual é o país que tem duas sílabas no nome e se come a metade? Vai, Abílio...
Ouvinte:
— Canadá.
Locutor:
— Que peninha, Abílio. Resposta errada. Você acaba de perder cinco mil reais...
Ouvinte:
— Cana, Marcelo. Da cana fazemos a garapa. Ou estou enganado?
Locutor:
— Abílio, Canadá tem três sílabas. CA... NA... DÁ. De mais a mais, meu amigo, Cana não se come, se chupa. Obrigado pela sua participação. Continue tentando. Que venham os nossos comerciais. Após a propaganda dos patrocinadores, Eu, Marcelo Cantagalo voltarei pelas ondas amigas da sua, da nossa 103,9 FM, a Rádio Cor do Amor para inquirir o último participante.

(Entra no ar uma série de anunciantes).

Locutor:
— Aqui estamos de volta, com o Programa Marcelo Cantagalo, pela sua, pela nossa 103,9 FM, a Rádio Cor do Amor, para a última rodada do programa. Vamos ver se agora o derradeiro casal leva o prêmio. Vamos lá. Ligação completada, ouvinte na linha, boa tarde, Benevides.
Ouvinte:
— Boa tarde Marcelo e boa tarde para todos os ouvintes da 103,9 FM...
Locutor:
— Seja bem-vindo, Benevides. Como está a Nair, a sua escolhida?
Ouvinte:
— A minha o quê?

Locutor:
— A sua escolhida, meu amigo, a sua esposa, a sua consorte.
Ouvinte:
— Ah, agora entendi. A Nair está ótima. A gente se casou ontem...
Locutor:
— Estou sabendo. Fala de onde mesmo, Benevides?
Ouvinte:
— De Quitaúna. Moro aqui na Avenida dos Autonomistas em frente ao quartel do 4º BIL, Regimento Raposo Tavares e da estação de trem da antiga Estrada de Ferro Sorocabana.
Locutor:
— Perfeito, Benevides. Quero mandar um “Oiiiiiii genteeeeeee...” especial para todos os nossos queridos ouvintes ai de Quitaúna, ao capitão Sodré, ao major Gutiérrez, que todas as manhãs se ligam no programa Marcelo Cantagalo. E um “Oiiiiiii genteeeeeee” especial para o Vanderlei, da Casa do Silenciador.

(Após essa conversa para boi dormir, o Marcelo Cantagalo volta a falar com o ouvinte).

Locutor:
— Benevides, valendo um cheque de cinco mil reais que está aqui na minha mão. Oferecimento das Lojas Sonho das Noivas, dos nossos queridos parceiros Fábio e Francisco, ali na Antônio Agú 487, Centro de Osasco e as filiais em Jandira, na Rua Presidente Castelo Branco, 181 ao lado do Jandira Premier Hotel e em Itapevi, na Praça Padre Romeu Mecca, 50, encostada na igreja matriz de São Judas Tadeu. Benevides, preste atenção. Há um país com duas sílabas e uma delas é uma coisa muito boa de comer. Tenho certeza que você gosta muito dessa iguaria e, agora, com todo respeito à dona Nair, sua esposa, você poderá desfrutar repetidas vezes.

(Marcelo Cantagalo faz suspense. Toma fôlego).

— Valendo, portanto, cinco mil reais, qual é o país com duas sílabas, sendo uma delas uma coisa, como disse, muito boa e deliciosa de se comer? Cinco segundos.
(Os cinco segundos finais parecem uma eternidade).
Locutor:
— Vamos, Benevides... sua resposta é?
Ouvinte:
— Cuba, Marcelo. C-U-B-A.
O apresentador Marcelo Cantagalo fica por alguns instantes no mais completo silêncio. Benevides se faz apreensivo o coração à mil.
Ouvinte:
— Marcelo, cadê você? Marcelo? Ei... está me ouvindo? Alô... alô... alôaaa... Marcelo?!

Locutor:
— Benevides, meu amigo você não acertou. Todavia, a Soninha está me dizendo aqui, pela nossa comunicação interna, que você vai levar o prêmio. Veja bem, vai levar pela originalidade da resposta.

(O radialista deixa o ouvinte nervoso. Após breve pausa volta à carga).

Locutor:
— Benevides, meus parabéns a você e a sua metade da maçã, a dona Nair. Que seu casamento dure muitos e muitos anos e que vocês usem esse dinheiro com carinho, e que ele venha duplicar com amor todos os seus empreendimentos.
Ouvinte:
— Marcelo, Marcelo, você disse que eu já ganhei o prêmio pela.... como é mesmo a palavra? Ah, lembrei, pela originalidade...
Locutor:
— Sim, Benevides, de fato, você levou o prêmio pela originalidade da resposta. Não que ela esteja certa. OK. Passe aqui na emissora, segunda-feira no horário comercial e venha buscar seu cheque.
Ouvinte:
— Marcelo, se a resposta que dei não era a certa, qual seria a resposta correta então?

Locutor:
— Japão, meu amigo. JA-PÃO. Bom dia a todos, até segunda, às seis horas da matina em ponto. Fiquem agora aqui pela 103,9 FM, a Rádio Cor do amor, com a graciosidade da Barbara Costa e o seu “Clube do Rei”. Tchauuuuuuuuu... gente... Fuiiiiiiiiiiii...

Título e Texto: Aparecido Raimundo de Souza, de Porto Alegre no Rio Grande do Sul. 2-9-2022

Anteriores: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-