domingo, 31 de agosto de 2014

Justiça para os aposentados brasileiros

Almir Papalardo
Prezado Deputado Senhor Rubens Bueno - PPS/PR

Somente hoje tomei conhecimento do seu brilhante pronunciamento feito no dia 01-07-2014, denunciando a covardia feita aos aposentados do Aerus, pedindo providências urgentes para solucionar o impasse. Parabenizo-o e o admiro pela coragem.


Mesmo tardiamente, não posso deixar de aplaudi-lo, porque é de parlamentares conforme vossa excelência, que o Brasil precisa, notadamente os indefesos aposentados, a classe mais descartada e humilhada da sociedade. Desprezam-nos!

Não sou aposentado do Aerus. Sou aposentado do RGPS-Setor Urbano, que também vem sofrendo massacres do governo federal. Nossa desdita começou na era FHC, quando inconsequentemente desvincularam o nosso reajuste do reajuste do salário mínimo, além de criarem o maldito Fator Previdenciário. Lula e Dilma ao invés de corrigir a deslealdade contra idosos, deu seguimento de modo mais perverso ainda, tendo Dilma nos torpedeado afirmando que se eleita não vai acabar com o Fator Previdenciário. Afinal, somos cidadãos brasileiros ou não? Será que nos consideram peso morto porque são obrigados a nos sustentar sem receber mais aqueles cobiçados benefícios feitos ao INSS durante 35 anos ou mais? É uma deslealdade infame! 

As nossas perdas, que se iniciaram no ano de 1998, já atingiram até 2014, o percentual de 77,60%, contrariando a Constituição Federal de 1988 e o Estatuto do Idoso de 2003, que proibiam defasagens nas aposentadorias. Nosso futuro está tenebroso! Se nada for feito para sanar esta discriminação e preconceito contra nos, todos os aposentados da iniciativa privada, dentro de mais algum tempo, estarão todos nivelados apenas a 01 (um) salário mínimo, não valendo mais nada os valores variados das contribuições de cada aposentado, que era calculado sempre conforme o salário recebido. Derrubaram, acintosamente, a reciprocidade!! Isonomia, nem pensar...

Temos três projetos que nos restituem a dignidade, os Pls. 01/07- Percentual do SM para TODOS os aposentados, 3299/08 - Fim do Fator Previdenciário e 4434/08 - Recuperação das Perdas (em 05 anos), até atingirmos o mesmo número de salários mínimos que tínhamos no inicio da aposentadoria. Depois de passarem pelo Senado Federal com aprovação unânime, estão presos há 06 anos nas gavetas da Câmara dos Deputados, sabotados para não irem às pautas de votação!

Esperam os aposentados brasileiros que vossa excelência se torne um novo aliado, juntando-se aos poucos parlamentares que demonstram alguma sensibilidade pelos previdenciários, defendendo-nos com a mesma altivez demonstrada naquele inflamado e justíssimo pronunciamento a favor dos participantes do Aerus.

Um forte abraço de um indignado aposentado.
Almir Papalardo, 30-08-2014

Relacionados:

6 comentários:

  1. Parabéns, Almir pelo texto! Como sempre, insistindo para que esta injustiça contra os aposentados seja reparada...
    Abraço
    Valdemar

    ResponderExcluir
  2. Prezados amigos colegas idosos aposentados e aposentáveis do RGPS:


    Deixo aqui meus protestos de elevada estima e consideração pelo trabalho incansável e persistente de longa data que, apenas a cerca de 1 ano, venho acompanhando e me engajando. Em especial admiro demais os colegas Aderval Pires, Almir Papalardo e Odoaldo Passos. Convergências e pontos de divergências todos nós temos e melhor que seja assim, pois como diz o velho ditado: : "O que seria do azul se todos gostassem do verde e branco" ...lembrei do Palmeiras e do Cruzeiro, dois extremos do Brasileirão...!!!...rsrs...!!!...O importante mesmo é o fato de haver respeito e consideração mútua e isso eu sinto por parte dos amigos líderes de força e talento que precedem a qualidade desse grupo.
    Grande abraço,
    Edison Vaccaro SR


    edisonvsr@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Almir,
    Muito obrigado e parabéns por mais este empenho pela luta dos aposentados.
    Cláudio

    ResponderExcluir
  4. Prezado amigo Edison Vaccaro Sr, perfeito o seu texto. Realmente há um ditado popular que diz: "Toda unanimidade é burrice". É preciso haver diversificação de idéias, porque das várias cabeças pensantes, juntas, nasce a luz! É democrático todos os participantes explanarem seus pensamentos, mas sabendo também ouvir os pensamentos alheios e sobretudo respeitá-los. É lógico e aceitável que todos façam as suas réplicas, procurando manter o debate dentro de uma cordialidade civilizada, bem educada, evitando palavras que possam ferir o interlocutor. Eu tenho muitas divergências com amigos, porém minhas firmes contestações são sempre sem ofensas ou acusações, desafiando quem possa me acusar de mal educado. Essa reciprocidade não obtive de vários colegas, que no afã de suas convicções, que não admitem de forma nenhuma que possam estar errados, me rechaçaram com deboches, termos mais grosseiros e até através de deboches. Mas no final, embora fiquem as mágoas, estou disposto a perdoar porque sei que todos estão nervosos pela surra que levamos dos governos e, no momento em que tivermos alguma vitória, tudo se assentará.
    Almir Papalardo.

    ResponderExcluir
  5. Caro Almir Papalardo,

    É com grande entusiasmo que agradeço sua manifestação em nos enviar esse e-mail, acerca de um assunto tão debatido no Parlamento Brasileiro.
    A real situação dos aposentados é de extrema delicadeza, no qual sempre sinalizei solidariedade a todos os que se encontram nessa situação, dedicando-me com afinco ao que vem sendo pouco percebido pelo Governo Federal.
    O sacrifício pela sobrevivência dos aposentados, sobretudo daqueles que tem como renda um salário mínimo, que não assiste com dignidade as necessidades básicas, deveria envergonhar aqueles que os representam.
    A atuação do PPS sempre foi pautada em defesa dos aposentados, categoria já tão massacrada há tantos anos.
    Estaremos sempre lutando para que as temáticas relacionadas a melhoria de vida dos aposentados esteja em discurso no âmbito do Congresso Nacional.

    Cordialmente,
    Rubens Bueno

    ResponderExcluir
  6. Desculpem, meus amigos, mas o papo é sempre o mesmo, aquele papo de engana trouxa, pelo menos esse respondeu, pior são outros que nem respondem,
    abraços,
    Aderval

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-