quinta-feira, 11 de agosto de 2016

O cinismo da imprensa brasileira quer que Wu perca a medalha por ter batido continência

Implicante
O COI já disse que não pretende intervir em casos assim, mas a imprensa segue fazendo polêmica

A imprensa brasileira ficou nitidamente incomodada com o fato de Felipe Wu ter batido continência para a bandeira nacional ao receber a medalha de prata no tiro esportivo. E transformou em polêmica o que o próprio ministro da Defesa reconheceu não passar de uma homenagem a um dos principais símbolos nacionais: “Bater continência é gesto de respeito e não de política“. O que saltava das entrelinhas da cobertura geral ganhou ares explícitos quando virou manchete que o atleta militar “pode perder a medalha por causa de saudação militar“. Mas o caso está longe de ser o único

Não pode e nem deve perder a medalha. Porque o COI quer evitar que o evento se transforme em palco para todo tipo de maluco fazer seu protesto. Mas permite a manifestação com fins “festivos” e “amigáveis”. Portanto, o gesto do atleta militar ao homenagear a bandeira do Brasil pode muito bem ser enquadrado na categoria do atleta religioso que agradece aos céus o gol marcado.
Quanto à imprensa brasileira, que papelão! 
Título e Texto: Implicante, 11-8-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-