terça-feira, 2 de junho de 2020

Alguém se lembra do nome do ucraniano morto nas instalações do SEF (Serviços de Estrangeiros e Fronteiras) em Lisboa?

Zita Seabra

Morto à pancada, torturado por autoridades portuguesas até à morte? Disseram, na altura que esteve 15 horas atado e algemado até morrer. No aeroporto de Lisboa. Mas claro que um ucraniano não interessa nada. Para mais refugiado.

A Assembleia aprovou algum voto? O Presidente falou? Os intelectuais fizeram alguma manif ou abaixo-assinado? Foi no passado dia 10 de maio.

Mas realmente que interesse tem um ucraniano assassinado (alegadamente) por tortura de inspetores portugueses.

As vítimas ucranianas nunca tiveram nome, nem no tempo do Estaline,  por que havia este emigrante de ter? Esqueçam que nem Presidente, nem governo, nem Parlamento se lembram e estão de boa consciência.

Já me esquecia eu também. Chamava-se Ihor Homenyuk. Mas é um pequeno pormenor porque os ucranianos não têm nome.
Título e Texto: Zita Seabra, Facebook, 2-6-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-