domingo, 21 de junho de 2020

Governistas vão intensificar campanha para o Aliança pelo Brasil

Ideia é promover campanhas nas redes sociais e incentivar criação de postos de coleta de assinaturas para o Aliança pelo Brasil após a pandemia

Wilson Lima

Deputados da base governista vão intensificar nos próximos dias o processo de coleta de assinatura para a criação do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo capitaneado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O presidente Bolsonaro no lançamento do Aliança pelo Brasil. Foto: José Cruz/Agência Brasil
Integrantes do partido estimam que até o final do ano será possível obter o registro da nova sigla junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Atualmente, a agremiação tem somente 15 mil assinaturas validadas segundo a Corte Eleitoral. O maior número de apoiadores está em estados como Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Os eleitores dos dois estados correspondem a aproximadamente 30% dos apoiadores.

A intenção dos parlamentares e da cúpula do partido é promover campanhas nas redes sociais e, nos próximos meses, instituir postos de coleta de assinatura de apoiadores. A expectativa inicial era que a sigla estivesse apta a disputar eleições em abril deste ano. A pandemia do coronavírus, entretanto, atrasou o processo de formação do Aliança pelo Brasil. O vírus chinês impossibilitou, por exemplo, o funcionamento de postos de coletas de assinatura do novo partido em vários Estados.
Título e Texto: Wilson Lima, revista Oeste, 20-6-2020, 20h01

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-