quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Partido de Macron tenta atrapalhar ratificação do acordo UE-Mercosul

Eurodeputados franceses convenceram o parlamento europeu a aprovar uma emenda simbólica contra a parceria entre os dois blocos 

Cristyan Costa 

Pressionados pelo partido de esquerda do presidente da França, Emmanuel Macron, eurodeputados rejeitaram simbolicamente nesta quarta-feira, 7, a ratificação do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul. O placar foi de 345 votos a favor, 295 contra e 56 abstenções. A medida, porém, não significa que a parceria entre os dois blocos está desfeita, mas sim um aviso (ou provocação) ao governo brasileiro. 

Conforme a emenda aprovada hoje, de autoria de parlamentares franceses, há sérias preocupações “com a política ambiental de Jair Bolsonaro, que vai contra os compromissos do Acordo de Paris, em particular no combate ao aquecimento global e à proteção à biodiversidade”. Sabe-se que o líder francês não tem bom relacionamento com Bolsonaro e chegou a veicular fake news contra o presidente do Brasil, com supostas imagens da Amazônia em chamas.

Título e Texto: Cristyan Costa, revistaOeste, 7-10-2020, 14h20 

Este bode que é cabra, segundo um véio colega e amigo, impopular e incompetente em seu próprio país – dominado por gente que detesta a França – usa o método tradicional da esquerda: apontar um inimigo externo. 

Lembra dele tentando falar grosso, com o timbre do vocalista dos “Secos & Molhados”, com o presidente Donald Trump??

3 comentários:

  1. Impressionante, mais do que impressionante, asquerosa a alegria orgástica da imprensa brasileira!!

    Continuo procurando a notícia original do Parlamento Europeu...

    ResponderExcluir
  2. Achei na Deutsche Welle, a emissora estatal alemã, de esquerda… provavelmente a origem dessa 'notícia'... mas não consigo nada no site do Parlamento Europeu...

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-