domingo, 30 de maio de 2021

Prefeitos e governadores pedem mais R$ 40 bilhões ao governo

Entidades que reivindicaram o montante garantem que os recursos serão destinados ao enfrentamento do coronavírus

Cristyan Costa

Na quinta-feira 27, o secretário-executivo do Ministério da Saúde (MS), Rodrigo Cruz, recebeu um pedido de prefeitos e governadores: R$ 40 bilhões adicionais no orçamento da pasta para o enfrentamento do coronavírus. A solicitação consta em documento assinado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde. Na papelada, as entidades signatárias garantem que 18 Estados têm ocupação de leitos maior que 80%. Portanto, exigem que o MS agilize a busca por recursos extras de modo a apoiar os entes federativos.

Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Conforme o ofício, a quantia vai reforçar o atendimento hospitalar, o custeio de serviços da atenção básica e compra de insumos, remédios e equipamentos. “É fundamental termos aporte de recursos para garantirmos o enfrentamento da pandemia”, informou Carlos Lula, secretário de saúde do Maranhão e presidente do Conass, na nota direcionada ao MS. Desde o início da epidemia de covid-19, o governo Bolsonaro destinou R$ 64 bilhões a Estados e municípios. Parte dessa verba foi desviada por prefeitos e governadores, asseguram investigações da Polícia Federal. O caso ficou conhecido como Covidão.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 30-5-2021, 10h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-