segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Gilmar Mendes suspende ação contra advogado de Lula

Ministro do STF atendeu solicitação da OAB e liberou mais de 20 outros advogados investigados pela Lava Jato por desvios no Sistema S do Rio 

Roberta Ramos 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes [foto] pediu neste sábado, 3, a suspensão das ações penais contra os 30 advogados denunciados pela Operação Lava Jato na Operação E$quema $, que investiga desvios no Sistema S do Rio de Janeiro. 

Foto: Nelson Jr/SCO/STF

Entre os envolvidos está o defensor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin. 

O Ministério Público Federal (MPF) apontou que o esquema que teria desviado mais de R$150 milhões do Sesc, do Senac e da Fecomercio fluminenses entre 2012 e 2018 por meio de contratos fictícios com escritórios desses profissionais de renome no meio político. 

A ação foi deflagrada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio no dia 9 de setembro. 

Título e Texto: Roberta Ramos, revista Oeste, 4-10-2020, 20h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-