quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Coca-Cola sediará toda sua operação na América do Sul no Rio de Janeiro

Não chores por mim Argentina! A Coca-Cola vai tirar de Buenos Aires e trazer para o Rio de Janeiro toda a administração das suas subsidiárias no Cone Sul

Botafogo, Rio de Janeiro

Quintino Gomes Freire

Não chores por mim, Argentina! O Rio de Janeiro também tem boas notícias no cenário econômico, como o DIÁRIO DO RIO costuma trazer, e desta vez não tem relação com o petróleo. Uma matéria do jornal El Clarín, um dos mais importantes da Argentina, traz a informação que uma reestruturação global da Coca-Cola vai tirar de Buenos Aires e trazer para o Rio de Janeiro toda a administração das subsidiárias da multinacional na Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia.

Parte superior do formulário

 

Parte inferior do formulário

A decisão da Coca-Cola representa uma mudança simbólica e importante, pois a marca historicamente concentra a gestão das operações do Cone Sul em Buenos Aires. Porém, a partir dessa decisão, todas as decisões regionais serão tomadas no Brasil, sob a batuta de um presidente brasileiro. 

A Coca-Cola passa por uma reorganização mundial e, na América Latina, isso contemplará a criação de três novas zonas geográficas. A Argentina se integrará à nova estrutura do sul da região, que também inclui Brasil, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia, explicou a multinacional. O presidente dessa zona ficará baseado no Brasil e será dessa nacionalidade. Luisa Ortega, a atual chefe da área, controlará apenas os negócios na América Central. 

A mudança é apenas na gestão, pois o envasamento continuará sendo feito em cada região, localmente, sem mudanças na fabricação – a princípio – com a nova divisão estratégica. Mas, sem dúvida, serão mais empregos vindo em boa hora para o Rio de Janeiro! E mais prestígio para a cidade. As coisas já estão melhorando. 

Título e Texto: Quintino Gomes Freire, Diário do Rio, 1-10-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-