quinta-feira, 21 de julho de 2022

Mais de mil advogados assinam manifesto em defesa de Bolsonaro

'Alguns tecnocratas militantes, não eleitos pelo povo, atuam como se fossem as autoridades máximas incontestáveis da política'

Cristyan Costa

Um grupo de 1,4 mil advogados assinou um manifesto em defesa do presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira, 21. No documento, os signatários afirmam que o chefe do Executivo tem sido vítima de “ataques com acusações infundadas, perseguição política e crimes contra sua honra”.

Foto: Fátima Meira/Estadão Conteúdo

A carta veio a público depois da mais recente crise institucional. No início da semana, Bolsonaro levantou dúvidas sobre a segurança das urnas eletrônicas, durante uma reunião com mais de 40 embaixadores. As falas do presidente provocaram a fúria do Tribunal Superior Eleitoral, da esquerda e da imprensa.

Sem citar o Supremo Tribunal Federal, os advogados afirmam que “alguns tecnocratas militantes, não eleitos pelo povo, que ocupam posições de poder em órgãos públicos, atuam como se fossem as autoridades máximas incontestáveis da política e do direito, sem provas”.

Os advogados sustentam que os tecnocratas passam a “imputar ao presidente a frágil e débil acusação de que estaria cometendo crimes de responsabilidade, atentado à democracia e animosidade entre as Forças Armadas”.

“Esses supostos intelectuais da burocracia elitista, que vivem falando mal do Brasil e atacando Bolsonaro em conferências e seminários no exterior, em flagrante ataque ao povo brasileiro”, salienta trecho do documento, ao mencionar que o presidente busca eleições livres e transparentes.

Título e Texto: Cristyan Costa, Revista Oeste, 21-7-2022, 16h45

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-