segunda-feira, 25 de julho de 2022

Lula é acusado pela Ucrânia de fazer propaganda pró-Rússia

Petista é o único brasileiro numa relação de 78 pessoas

A Ucrânia acusou Lula de fazer propaganda pró-Rússia. O nome do petista consta em uma lista de “oradores que promovem narrativas” em prol do país estrangeiro. A publicação consta no site do Centro de Contenção de Desinformação, criado pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

O petista é o único brasileiro numa relação de 78 pessoas, 30 das quais norte-americanas. Lula integra o documento ucraniano por dois motivos, segundo o colegiado, teria dito que a Rússia precisa liderar uma nova ordem mundial e que Zelensky é tão culpado pela guerra quanto o presidente russo, Vladimir Putin.

Por ora, não há provas da primeira afirmação do ex-presidente. Já a segunda está na entrevista de Lula para a revista Time, na qual o ex-presidente responsabiliza também Zelensky pelo que ocorreu. Criado no ano passado, o colegiado de Inteligência analisa “fake news e manipulações” vindas do Kremlin.

Título e Texto: Redação, Revista Oeste, 25-7-2022, 16h22

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-